Esportes Técnico critica arbitragem e vê Guarani com campanha 'satisfatória' na Série B

Técnico critica arbitragem e vê Guarani com campanha 'satisfatória' na Série B

O empate por 1 a 1 diante do Botafogo, na quarta-feira, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP), não agradou o técnico do Guarani, Daniel Paulista. O treinador reclamou muito da arbitragem do baiano Marielson Alves Silva, principalmente no gol marcado por Rafael Navarro. A bola chegou a bater na mão do atacante, antes que ele concluísse para o fundo das redes bugrinas.

"A arbitragem, infelizmente, teve um papel determinante dentro da partida. Um gol claro, a mão do atleta do Botafogo no primeiro lance de gol, e também uma penalidade a nosso favor, em uma bola na mão. Onde a história do jogo, talvez, pudesse ser diferente. A partir do momento que você sofre um gol irregular, muda toda a estratégia, o perfil da partida se altera. E a gente teve que se adaptar a tudo isso, correr atrás do placar. Conseguimos um gol logo no início do segundo tempo, tentamos buscar a virada, mas infelizmente hoje ela não foi possível", falou o treinador.

Apesar do tropeço dentro de casa, o Guarani continua na briga pelo G4. O time campineiro tem 30 pontos, contra 31 do Goiás, o primeiro dentro da zona de acesso. O fato foi exaltado pelo treinador bugrino. "Acho que fechamos o turno de uma maneira satisfatória, com uma pontuação boa. E o Guarani vai seguir trabalhando em busca dos seus objetivos, com tranquilidade, com os pés no chão, sabendo que tem condições de jogar sempre melhor. E a gente vai em busca disso a todo momento", completou.

Por fim, Daniel Paulista falou sobre o VAR, que começará a ser usado na Série B. "A gente espera que agora, com a participação do VAR, esses erros diminuam. A gente não pode esquecer que na última rodada, contra o Goiás, no primeiro gol, apesar de ser um lance extremamente difícil pela rapidez e proximidade, o atleta do Goiás também se encontrava em posição irregular. Então são dois lances que foram determinantes e que talvez pudéssemos ter construído uma pontuação maior", finalizou.

O Guarani, agora, se prepara para enfrentar o Vitória, neste sábado, às 16h30, no estádio do Barradão, em Salvador, pela 20.ª rodada.

Últimas