Esportes São Paulo quer encerrar jejum e Corinthians busca o tri do Paulista Feminino

São Paulo quer encerrar jejum e Corinthians busca o tri do Paulista Feminino

Corinthians e São Paulo entram em campo nesta quarta-feira, às 21h, na Neo Química Arena, com expectativa de casa cheia, para decidir o campeão do Paulistão Feminino. A vantagem é do time tricolor, que venceu a primeira partida da final por 1 a 0, resultado que acabou com a invencibilidade da equipe alvinegra. O São Paulo pode até empatar para levantar o troféu, enquanto o Corinthians precisa vencer por dois gols de diferença. Uma vitória corintiana por 1 a 0 leva a partida para os pênaltis.

Os dois times buscam a taça, mas com histórias diferentes nesse ano. Atual bicampeão paulista, o Corinthians conquistou em 2021 os títulos do Campeonato Brasileiro e da Libertadores e quer mais uma taça. O São Paulo, eliminado precocemente no Brasileiro após boa campanha na primeira fase, quer encerrar o longo jejum de 22 anos sem o título estadual.

No primeiro jogo da final, o time tricolor foi empurrado pela torcida e teve boa atuação, especialmente, da atacante Gláucia, que deu assistência para Micaelly marcar o único gol do jogo. Gláucia é um dos destaques da competição e uma das vice-artilheiras, com sete gols. Do lado do Corinthians, a equipe aposta nas goleadoras Miriã, que marcou oito vezes, e Adriana, sete.

"Foi um momento muito feliz de marcar o meu primeiro gol aqui no Morumbi, com a torcida apoiando, mas ainda temos o segundo jogo e vamos correr até o final pra dar tudo certo na próxima partida como deu nesse jogo", disse Micaelly.

Os rivais fazem grande campanha na competição. O time alvinegro tem 12 vitórias, um empate e uma derrota, enquanto a equipe tricolor ganhou 13 partidas e perdeu uma. Os dois fizeram a decisão do estadual há dois anos, quando o Corinthians venceu o São Paulo por 1 a 0 e depois 3 a 0 para levantar o caneco dentro de casa.

A final estava inicialmente prevista para acontecer na Arena Barueri, mas a Federação Paulista de Futebol (FPF) confirmou a alteração horas antes do jogo de ida. O local inicial foi alvo de reclamações por parte da torcida corintiana.

Últimas