O Napoli cresce na CL e Mertens suplanta a marca de Maradona

Na terceira rodada da fase de chaves, a bela performance do "Burro da Terra da Pizza" e do belga que chegou a 116 tentos com a camisa alviceleste

Dries Mertens, 116 tentos com a camisa do Napoli

Dries Mertens, 116 tentos com a camisa do Napoli

@ChampionsLeague

Com as oito partidas do Grupo E até o Grupo H, nesta quarta-feira, 23 de Outubro, se encerrou a terceira rodada da fase de chaves da UEFA Champions League 2019/20, a 65ª edição de uma competição inaugurada em 1955 sob o nome de Champions Cup, e a 28ª desde que a entidade reguladora do Futebol na Europa modernizou a original. Próximas pugnas em 5 e 6 de Novembro.

O Ataturk Olympic, em Istambul

O Ataturk Olympic, em Istambul

UEFA

Iniciada em 25 de Junho, esta CL se desenrolará até o dia 20 de Maio de 2020, com a sua decisão em prélio único, no Ataturk Olympic Stadi de Istambul, na Turquia. De acordo com um ranking que analisa as performances, nos cinco anos recentes, de suas 55 afiliadas e de seus clubes, a UEFA acolheu, nesta edição, as inscrições de 79 times, Numa fase preliminar, 53 se digladiaram em 91 pugnas, 240 tentos registrados, média de 2,64. Restaram seis, que então se agregaram a 26 pré-qualificados. Ou, enfim, 32 times em oito chaves de quatro agremiações cada, em turno e returno e em pugnas de ida e volta.

A lindíssima taça da Champions League

A lindíssima taça da Champions League

UEFA

Em 48 porfias, até aqui na etapa de chaves, já ocorreram 151 gols, a média de 3,15. Incluída a fase preliminar, num total de 139 partidas, 391 tentos, a média de 2,81. Exatas 2.069.522 pessoas viram os combates da etapa de chaves, a média excelente de 43.115. Seguirão adiante, aos mata-matas que conduzirão à decisão, os dois melhores de cada grupo. Os que ficarem em terceiro lugar se consolarão na repescagem da Europa League. Eis a síntese da rodada.

Napoli, a celebração dos 3 X 2 em Salzburgo

Napoli, a celebração dos 3 X 2 em Salzburgo

@ChampionsLeague

GRUPO E

RB Salzburgo 2 X 3 Napoli
Wals-Siezenheim, Salzburgo, 29.520 espectadores
(Haaland2/1pen X Mertens/2, Isigne
)
Parecia fácil. Com o domínio das ações, aos 17’ o “Burro da Terra da Pizza” inaugurou o marcador num belo lance de Callejon e a finalização de Dries Mertens, o seu gol de número 115 com a camisa celeste, exatamente a marca de um certo Diego Armando Maradona. Os “Mozartianos”, apelido em homenagem ao grande compositor, afinaram, porém, a sua orquestra e igualaram o placar, num penal que exigiu a verificação do VAR. Caberia a Mertens, de todo modo, despedir Maradona do seu recorde ao anotar o seu gol 116, aos 64’, depois de outra combinação muito feliz, um passe de Allan e o cruzamento de Malcuit. Os hospedeiros, porém, não desistiram e, aos 72’, de novo o irresistível Haaland desfrutou uma barbeiragem da zaga do “Burro”, o seu sexto tento em três partidas, além da metade do tesouro do Salzburgo. Só que a resposta do Napoli despontou imediatamente, aos 73’, e desta vez Mertens como um assistente para o arremate seco de Lorenzo Insigne.

Genk 1 X 4 Liverpool
Luminus Arena, Genk, 19.626 espectadores
(Odey, X Oxlade-Chamberlain/2, Mané, Salah)
Durou quase nada, meros 2’, o sonho esperançoso dos fãs dos “Smurfs”, os atletas do time azul-preto da província de Limburgo, na Bélgica. Logo aos 2’, num rasante de 25 metros, Oxlade-Chamberlain estabeleceu uma vantagem prévia. O mesmo avante com nome de diplomata dobraria o placar, aos 57’, depois de um toque magistral de Roberto Firmino. Os “Reds” escancariam a sua folga através de Mané, que saboreou um toque de Salah aos 77’, e com a investida em velocidade do astro egípcio, 4 X 0, aos 87’. Distraídos, os “Reds” ainda celebravam quando, aos 88’, Odey realizou o gol de honra do Genk.

CLASSIFICAÇÃO
1 – SSC Napoli (Ita)

7pts – 3j/2v/1d/0e = 5gp/2gc
2 – Liverpool FC (Ing)
6pts – 3j/2v/0e/1d = 8gp/6gc
3 – FCRB Salzburgo (Aus)
3pts – 3j/1v/0e/2d = 11gp/9gc
4 – KRC Genk (Bel)
1pts – 3j/0v/1e/2d = 3gp/10gc

Jogos futuros, 5/11
Napoli X RV Salzburgo
Liverpool X Genk

Lionel Messi, do Barcelona

Lionel Messi, do Barcelona

@ChampionsLeague

GRUPO F

Slavia Praga 1 X 2 Barcelona
Sinobo Stadium, Praga, 19.170 espectadores
(Boril X Messi, Olayinka/con)

Graças a uma tabela espetacular entre Arthur e Messi, aos 2’, surgiu o gol da vantagem do clube “Blaugrana”. Que, todavia, se acomodou e, aos 50’, respondeu com a tabela à sua moda, Masopust e Boril. Não se atiça um esquadrão como o Barça, porém. E, aos 57’, um alçamento de Messi alcançou Luís Suárez no flanco oposto. O uruguaio atirou cruzado e, na vã tentativa de cortar, Olayinka enfunou as próprias redes. Não houve para os tchecos, praticamente sem chances de promoção às oitavas, nem a possibilidade do empate. E os catalães, de novo, subiram à liderança da sua turma.

Internazionale 2 X 0 Borussia Dortmund
Giuseppe Meazza Stadium, Milão, 65.673 espectadores
(Lautaro Martínez, Candreva)

Um passe longo, espetacular, de DeVrij, se locupletou da lentidão da chamada “linha burra”, a defesa em linha, de cinco zagueiros, da “Muralha Amarela”, e achou Lautaro Martínez livre e solto diante do surpreso arqueiro Burki, aos 22’. Quase ao se apagarem as luzes, enfim a Internazionale se safou ao dobrar o marcador com Candreva e recuperar a sua possibilidade de qualificação.

CLASSIFICAÇÃO
1 – FC Barcelona (Esp)

7pts – 3j/2v/1e/0d = 4gp/2gc
2 – FC Internazionale (Ita)
4pts – 3j/1v/1e/1d = 4gp/3gc
3 – BVB Borussia Dortmund (Ale)
4pts – 3j/1v/1e/1d = 2gp/2gc
4 – SC Slavia Praga (Tch)
1pts – 3j/0v/1e/2d = 2gp/5gc

Jogos futuros, 5/11
Borussia Dortmund X Internazionale
Barcelona X Slavia Praga

Sabitzer, do Leipzig

Sabitzer, do Leipzig

@ChampionsLeague

GRUPO G

RB Leipzig 2 X 1 Zenit
Red Bull Arena, 41.058 espectadores
(Laimer, Sabitzer X Rakistyy)
Demorou mais de meia-hora mas os “Roten Bullen” se desvencilharam da vantagem que o Zenit havia imposto aos 25’ do cotejo. Logo após o intervalo, aos 49’, o gol do empate, triangulação de Leimer com Sabitzer. Então, aos 59’, se embolaria de vez a tabela do Grupo G quando Klostermann levantou e Sabitzer aparou de peito, quase na linha fatal e colocou o RB na liderança.

Benfica 2 X 1 Lyon
Estádio da Luz, Lisboa, 53.035 espectadores
(Rafa Silva, Pizzi X Depay)
Em situação dramática no Grupo G, a “Águia” lisboeta necessitava bater o “Leão” a qualquer custo. E ameaçou o sucesso com Rafa Silva logo aos 4’. Não conteve o melhor desempenho do visitante, que pressionou até obter o empate, com o seu artilheiro holandês, Memphis Depay, aos 70’. Mas, no desespero, aos 86’, numa bobagem indescritível do arqueiro Anthony Lopes, incrível, um lusitano, Pizzi saboreou o triunfo e a salvação, 2 X 1.

CLASSIFICAÇÃO
1 – RB Leipzig (Ale)

6pts – 3j/2v/0e/1d = 4gp/4gc
2 – FC Zenit (Rus)
4pts – 3j/1v/1e/1d = 5gp/4gc
3 – Olympique Lyonnais (Fra)
4pts – 3j/1v/1e/1d = 4gp/3gc
4 – SL Benfica (Por)
3pts – 3j/1v/0e/2d = 4gp/6gc

Jogos futuros, 5/11
Zenit X RB Leipzig
Lyon X Benfica

Chelsea 1 X 0, o abraço de Lampard em Batshuayi

Chelsea 1 X 0, o abraço de Lampard em Batshuayi

@ChampionsLeague

GRUPO H

Ajax 0 X 1 Chelsea
Johan Crujiff Arena, 52.482 espectadores
(Batshuayi)

Com o cotejo em 0 X 0 e o Ajax na pressão, estimulado pela torcida veemente do seu Johan Crujiff, o treinador Frank Lampard, ex-volante da seleção de Sua Majestade, aos 71’ apostou na entrada do impetuoso belga Michy Batshuayi no lugar do estático Tammy Abraham. Aos 86, um outro substituto, Christian Pulisic, norte-americano de origem croata, armou o lance que devolveu os londrinos à briga por uma das vagas num grupo muito complicado.

Lille 1 X 1 Valencia
Stade Pierre-Mauroy, 47.488 espectadores
(Ikoné X Cheryshev)

Numa peleja modorrenta, essencialmente sem emoções, os ibéricos saíram à frente aos 63’, numa bola recuperada em sua intermediária e numa contra-ofensiva rápida, que Cheryshev coroou com o 1 X 0. Então, petulantemente, se refugiaram na proteção dos três pontos que levariam ao topo da tabela. Não contavam com a vibração do time do Lille, em sua estréia numa fase de chaves da CL. Nem com surpreendente habilidade de um reserva, Jonathan Ikoné, que entrou em campo aos 65’, não se cansou de correr e, nos acréscimos dos acréscimos, aos 95’, numa jogada acrobática, permitiu que a pelota passasse entre as suas pernas antes de resgatá-la e de arrematar, 1 X 1,

CLASSIFICAÇÃO
1 – Chelsea FC (Ing)

6pts – 3j/2v/0e/1d = 3gp/2gc
2 – AFC Ajax (Hol)
6pts – 3j/2v/0e/1d = 6gp/1gc
3 – Valencia CF (Esp)
4pts – 3j/1v/1e/1d = 2gp/4gc
4 – Lille OSC (Fra)
1pts – 3j/0v/1e/2d = 2gp/6gc

Jogos futuros, 5/11
Chelsea X Ajax
Valencia X Lille

O distintivo do PSG

O distintivo do PSG

Reprodução

GRUPO A

Club Brugge 0 X 5 PSG
Jan Breydel Stadium, Bruges, 29.062 lugares
(Icardi/2, Mbappé/3)

Existiu confronto até os 7’ quando o polêmico Icardi, um ítalo-argentino cujo empresário é a própria esposa Wanda Nara, permanentemente na mídia, abriu o marcador, ou a porteira. para o estouro da manada e a goleada.

Galatasaray 0 X 1 Real Madrid
Turk Telekom Stadium, Istambul, 52.233 lugares
(Kroos)
Triunfo no sufoco dos “Merengues”, em um jogo particularmente dramático, que até poderia custar o cargo do garboso treinador Zinedine Zidane.

CLASSIFICAÇÃO
1 – Paris Saint-Germain FC (Fra)

9pts – 3j/3v/0e/0d = 9gp/0gc
2 – Real Madrid (Esp)
4ps – 3j/1v/1e/1d = 3gp/5gc
3 – Club Brugge KV (Bel)
2pts – 3j/0v/2e/1d = 2gp/7gc
4 – Galatasaray SK (Tur)
1pts – 3j/0v/1e/2d = 0gp/2gc

Próximos jogos, em 6/11
Real Madrid X PSG
Galatasaray X Club Brugge

O distintivo do Bayern

O distintivo do Bayern

Reprodução

GRUPO B

Olympíacos 2 X 3 Bayern
Georgios Karaiskakis Stadium, 32.115 lugares
(Al Arabi, Guilherme X Lewandowski/2, Tolisso)

Os visitantes germânicos saíram atrás no resultado mas, sempre graças ao ímpeto e à eficiência do seu capitão, o polonês Lewandowski, reviraram a situação, chegaram a 3 X 1 e, no fim, por pouco não cederam o empate.

Tottenham 5 X 0 Estrela Vermelha
Tottenham Hotspur Stadium, Londres, 62.052 lugares
(Kane/2, Son/2, Lamela X)
Enfim a recuperação do time londrino dos “Spurs”, vice do seu compatriota Arsenal em 2018/19. E uma recuperação, aliás, com sobras fartas

CLASSIFICAÇÃO
1 – Bayern Munique (Ale)

9pts – 3j/3v/0e/0d = 13gp/4gc
2 – Tottenham Hotspur FC (Ing)
4pts – 3j/1v/1e/1d = 9gp/9gc
3 – Estrela Vermelha (Ser)
3pts – 3j/1v/0e/2d = 3gp/9gc
4 – Olympíacos FC (Gre)
1pts – 3j/0v/1e/2d = 5gp/8gc

Próximos jogos, em 6/11
Bayern X Olympíacos
Estrela Vermelha X Tottenham

O distintivo do Manchester City

O distintivo do Manchester City

Reprodução

GRUPO C

Manchester City 5 X 1 Atalanta
Etihad Stadium, 55.097 lugares
(Aguero/2/1pen, Sterling/3 X Malinovsky/pen)

A lanterninha “Dea” de Bérgamo se iludiu com o tento de vantagem, logo aos 28’. Quase cinco minutos depois, no entanto, Aguero igualou e então, acordados os “Citizens”, a porfia se tornou absolutamente unilateral, como, aliás, se esperava. A Atalanta apenas cumpre tabela nesta CL.

Shakhtar Donetsk 2 X 2 Dínamo Zagreb
Metalist Stadium, Kharkiv, 40.003 lugares
(Konoplyanka, Dodô X Olmo, Orsic/pen)
Ex-Curitiba, da seleção sub-20 do Brasil, Dodô entrou na batalha aos 66’ e logo aos 75’ igualou o placar, 2 X 2, e salvou o Shakhtar de uma derrota desastrosa em sua casa. O Dínamo, porém, realizou uma façanha razoável: depois de 13 tombos seguidos, enfim não caiu como visitante. O desafio de volta, em 6 de Novembro, definirá o segundo posto do Grupo. Com o mando dos croatas.

CLASSIFICAÇÃO
1 – Manchester City FC (Ing)

9pts – 3j/3v/0e/0d = 10gp/1gc
2 – GNK Dínamo Zagreb (Cro)
4pts – 3j/1v/1e/1d = 6gp/4gc
3 – FC Shakhtar Donetsk (Ucr)
4pts – 2j/1v/1e/1d = 4gp/8gc
4 – Atalanta BC (Ita)
0pts – 3j/0v/0e/3d = 2gp/11gc

Próximos jogos, em 6/11
Atalanta X Manchester City
Dínamo Zagreb X Shakhtar Donetsk X

A evolução do distintivo da Juventus

A evolução do distintivo da Juventus

Reprodução

GRUPO D
Juventus 2 X 1 Lokomotiv Moscou

Allianz Stadium, Turim, 41.507 lugares
(Dybala/2 X Miranchuk)

De platéia repleta, a “Senhora” mandava nas ações, quase 70% de posse de bola, inúmeras chances desperdiçadas, e subitamente, aos 30’, numa bobagem do capitão Bonucci, Aleksei Miranchuk disparou num contra-ataque, tabelou com João Mario e fuzilou, impacto, 1 X 0. Daí, sofreriam bastante os “tifosi” da Juve com o excesso de alçamentos inconsequentes sobre à área dos russos, que obviamente se trancaram em sua área, uma floresta de calções rubros e de camisas verdes. Sem dizer que foi horrorosa a peleja de Cristiano Ronaldo, errático até nas cobranças de falta. Todavia, em 180 segundos a “Joya” Dybala aliviou. Aos 77’, num petardo de 22 metros. Aos 80’, ao saborear um rebote do arqueiro Guilherme, um mineiro que adotou a cidadania da Rússia, depois de um petardo insidioso, tortuoso, de Alex Sandro.

Atlético de Madrid 1 X 0 Bayer Leverkusen
Wanda Metropolitano, 68.486 lugares
(Morata)
Um levantamento impecável do ótimo Renan Lodi, 21 anos, ex-Atlético Paranaense, recentemente convocado para a seleção de Adenor Tite Bacchi, aos 80’, encontrou a testa de Álvaro Morata, que acabara de entrar, manteve os “Colchoneros” junto à Juve e podou as chances de qualificação do Bayer.

CLASSIFICAÇÃO
1 – Juventus FC (Ita)

7pts – 3j/2v/1e/0d = 7gp/3gc
2 – Atlético de Madrid (Esp)
7pts – 3j/2v/1e/0d = 5gp/2gc
3 – FC Lokomotiv (Rus)
3pts – 2j/1v/0e/2d = 3gp/5gc
4 – Bayer Leverkusen FG (Ale)
0pts – 1j/0v/0e/3d = 1gp/6gc

Próximos jogos, em 6/11
Lokomotiv Moscou X Juventus
Bayer Leverkusen X Atlético de Madrid


Gostou? Clique em “Compartilhar”, ou em “Twittar”, ou deixe a sua opinião em “Comentários”. Muito obrigado. E um grande abraço!