Silvio Lancellotti No melhor jogo da Liga Europa, o Milan sai de Manchester com 1 X 1

No melhor jogo da Liga Europa, o Milan sai de Manchester com 1 X 1

Diante do United, o "Red Devil", o "Diavolo" da Itália consegue arrancar o empate salvador nos acréscimos. No restante da ida das oitavas, nenhuma surpresa além do triunfo do Villareal em Kiev.

A testada de Kjaer, de camisa branca, para o empate do Milan contra o United, nos acréscimos

A testada de Kjaer, de camisa branca, para o empate do Milan contra o United, nos acréscimos

@ACMilan

Menos de 24 horas depois de encerrada a primeira leva de cotejos das oitavas de final da “Champions League”, se iniciou nesta quinta-feira, dia 11 de Março, a etapa de ida da fase correspondente da Liga Europa de 2020/21, a segunda disputa mais importante que a UEFA organiza. Os prélios de retorno acontecerão no dia 18. Esta, aliás, é uma edição além do convencional. Celebrativa, mesmo. A edição 50 desde que nasceu Copa UEFA em 1971/72, e a de número 12 desde que, numa fusão com a Copa dos Vencedores de Copas, ganhou o gigantismo atual, o novo batismo. Gigantismo. Sim. Não existe palavra mais apropriada.

O troféu da Liga Europa

O troféu da Liga Europa

UEFA

Inaugurada em 18 de Agosto, originalmente mobilizou a enorme lista de 205 equipes das 55 federações da UEFA. Equipes que se obrigaram a superar oito eliminatórias e a bagatela de 157 partidas nas quais se fizeram 485 tentos, com a média de 3,09. Sobreviveram 48, então separadas em 12 chaves de quatro cada e daí envolvidas em mini-certames de turno e returno. Mais 144 prélios em que se registraram 442 gols, média de 3,07. Um acumulado de fato quase insano, conseqüência da Covid-19, 301 porfias internacionais e 927 gols em apenas 16 semanas. Aos 12 ganhadores e aos 12 vices de cada grupo, ou 24 clubes, se agregaram oito repescados, os terceiros da fase de chaves da “Champions”. Os 32 que duelaram, dia 18 e dia 25, na primeira leva de mata-matas, a fase de dezesseis de final.

O Stadion Miejski, em Gdansk, Polônia, sede da final da Liga Europa

O Stadion Miejski, em Gdansk, Polônia, sede da final da Liga Europa

UEFA

Nas 32 pugnas da fase anterior houve 101 tentos, a média de 3,16. Nas oito de ida nas oitavas, 20, média de 2,50. E no total da competição até aqui, 341 pelejas e 1.048 gols, média de 3,07. Para a definição de cada time promovido, se utilizaram os critérios tradicionais da UEFA. No caso de igualdade em pontos com o vencedor invertido, ou de dois empates e placar diferente, se contaram em dobro os tentos anotados no campo do inimigo. E, curiosamente, não ocorreram empates de mesmo placar, ou o resultado exato, mas ganhadores opostos, circunstância que levaria a pugna a uma prorrogação e eventualmente à disputa de penais. No dia 19 de Março, um novo bingo determinará os prélios das quartas, 8 e 15 de Abril, e das semis, 29 de Abril e 6 de Maio. A final, em jogo único, se desenrolará em 26 de Maio no Stadion Miejski, Gdansk, Polônia.

Os dezesseis clubes das oitavas de final da LE

Os dezesseis clubes das oitavas de final da LE

Reprodução

A seguir, os oito confrontos, as suas fichas resumidas e o retrospecto direto de cada emparceiramento. Porque os regulamentos da UEFA vedam a realização, numa mesma cidade, de prélios de mesma data, no caso o Tottenham e o Arsenal, que pegariam Dinamo Zagreb e Olympíacos, em Londres, no dia 18, de comum acordo entre os clubes o mando do cotejo dos  Spurs foi trocado. Curiosidade, contrastes que a imprevisibilidade de um bingo perpetra: enquanto o combate Granada X Molde apresenta as duas surpresas básicas desta competição, Manchester United X Milan, ou “Red Devils” X “Diavolo”, é um desafio digno de uma “Champions”. O duelo de ida, em Stamford Road, foi empolgante, com o “Diavolo” da Velha Bota a arrancar um empate precioso 1 X 1, já nos acréscimos.


AJAX 3 X 0 YOUNG BOYS
Amsterdam, Johan Cruyiff Arena
Árbitro:Marco Guida (Itália)
Gols: Klassen, Tadic, Brobbey

Nunca tinham se enfrentado, antes. Com este combate de agora, 1jog: 1Aja-0emp-0You. Gols: 3 X 0.

DINAMO KIYV 0 X 2 VILLAREAL
Kiev, NSC Olympiyskiy
Árbitro: Michael Oliver (Inglaterra)
Gols: Pau Torres, Albiol

Com este, 2jog: 0Din-0emp-2Vil. Gols: 0 X 4.

No centro, Lorenzo Pellegrini, o autor do primeiro dos três gols da Roma

No centro, Lorenzo Pellegrini, o autor do primeiro dos três gols da Roma

@ASRoma

ROMA 3 X 0 SHAKHTAR DONETSK
Roma, Stadio Olìmpico
Gols: Lorenzo Pellegrini, El Shaarawy, Mancini
Árbitro: Artur Soares Dias (Portugal)

Com este, 7jog: 3Rom-0emp-4Din. Gols: 11 X 9.

OLYMPÌACOS 1 X 3 ARSENAL
Pireu, Karaiskakis Stadium
Árbitro: Daniel Siebert (Alemanha)
Gols: El-Arabi X Oedegaard, Gabriel, Elneny

Com este, 11jog: 5Oly-0emp-6Ars. Gols: 14 X 19

TOTTENHAM 2 X 0 DINAMO ZAGREB
Tottenham Hotspur Stadium, Londres
Árbitro: Serdar Gozubiuyuk (Neerlândia)
Gols: Harry Kane/2

Com este, 2jog: 2Tot-0emp-0Din. Gols: 6 X 0

A euforia de Kjaer, pela igualdade no último lance do prélio

A euforia de Kjaer, pela igualdade no último lance do prélio

@ACMilan

MANCHESTER UNITED 1 X 1 MILAN
Manchester, Old Trafford
Árbitro: Slavko Vincic (Eslovênia)
Gols: Diallo X Kjaer

Com este, 11jog: 5Man-1emp-5Mil. Gols: 14 X 17.

SLAVIA PRAHA 1 X 1 RANGERS
Praga, Sinobo Stadium
Árbitro: Ovidiu Hategan (Romênia)
Gols: Stanciu X Helander

Nunca tnham se enfrentado, antes. Com este combate de agora, 1jog: 0Sla-1emp-0Ran. Gols: 1 X 1.

GRANADA 2 X 0 MOLDE
Granada, Nuevo Los Cármenes Stadium
Árbitro: Pawel Kaczkowski (Polônia)
Gols: Molina, Soldado X

Nunca tinham se enfrentado, antes. Com este combate de agora, 1jog: 1Gra-0emp-0Mol. Gols: 2 X 0.

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Últimas