Mais um sábado crucial, no Calcio, para a Juventus e para a Lazio

Na briga cabeça-a-cabeça pelo "scudetto" da Velha Bota, a "Aguia" recebe o perigoso Sassuolo enquanto a "Zebra", em Turim, abriga a ótima Atalanta

Cena da torcida da Atalanta, antes da pandemia

Cena da torcida da Atalanta, antes da pandemia

@Atalanta_BC

Indubitavelmente, a Atalanta de Bérgamo, ou a “Dea”, a “Deusa” da Lombardia, é a agremiação mais produtiva, por enquanto, do Campeonato Italiano de 2019/20. Tem uma série invicta de onze jogos. Nessa sequência, somou nove vitórias consecutivas. Ineditamente já promovida às quartas-de-final da Champions League, não perde desde o dia 20 de Janeiro, antes de eclodir a Covid-19, quando foi surpreendida, em sua casa, incrivelmente, pela SPAL de Ferrara, 0 X 1, a frágil lanterninha da classificação, já condenada à Série B.

Higuaín, no triunfo da "Senhora", no primeiro turno

Higuaín, no triunfo da "Senhora", no primeiro turno

Reprodução Football Stats

Na sua série positiva a “Dea” registrou 35 tentos, a média primorosa de 3,2, e concedeu somente 11. Presentemente, com 66 pontos em 93 possíveis, ocupa a terceira posição do certame. E neste sábado, dia 11 de Julho, até mesmo poderá catalisar uma revolução na tabela da competição: viajará 185 quilômetros até Turim e, lá, desafiará a líder Juventus, ou “Senhora”, ou “Zebra”, 75 pontos, solitária no topo desde 6 de Fevereiro, na rodada 24. Na “andata”, 23 de Novembro, em Bérgamo, a Juve anotou tranquilos 3 X 1.

Antes de Atalanta 2 X 0 Sampdoria, homenagem a Ennio Morricone

Antes de Atalanta 2 X 0 Sampdoria, homenagem a Ennio Morricone

@Atalanta_BC

Das quatro primeiras equipes do campeonato, a Atalanta foi a única a triunfar na jornada 31. No Gewiss Stadium, o seu antigo Atleti Azzurri d’Italia, superou a Sampdoria de Gênova por 2 X 0. Em visita ao San Siro, a Juve abriu 2 X 0 mas sofreu a reação fenomenal do Milan, 2 X 4. A Lazio também saiu à frente do Lecce, no Via del Mare do adversário, mas engoliu um placar de 1 X 2 e estacou nos 68 pontos. A Internazionale, em Verona, enfim amargou o empate de 2 X 2 quando já celebrava o sucesso e sofreu um gol dramático aos 86’.

Antes de Juve X Atalanta, a desinfecção do Allianz Stadium

Antes de Juve X Atalanta, a desinfecção do Allianz Stadium

@JuventusFC

Obviamente, no prélio do Allianz Stadium da capital do Piemonte, todos os outros 18 times da Série A torcerão contra a Juve, mais que pela “Dea”. No entanto, mesmo sem a pressão da torcida nos 41.507 lugares do magnífico edifício do Corso Scirea, será além de ingrata a missão da esquadra orientada por Gian Piero Gasperini. A “Zebra” não perde da Atalanta, em Turim, desde que aceitou um placar de 1 X 3, creia, faz 92 partidas, em 23 de Setembro de 1962. E não perde, dentro ou fora dos seus domínios, na Série A, faz 29 pugnas, placar de 0 X 2 em Bérgamo, dia 19 de Novembro de 2004.

Muriel, Ilicic e Zapata, os artilheiros da "Deusa"

Muriel, Ilicic e Zapata, os artilheiros da "Deusa"

@Atalanta_BC

Algum especulador mais fanático, ou anti-Juve, poderia argumentar com as estatísticas em curso. A “Senhora” acaba de engolir quatro tentos do Milan e a “Dea” tem o ataque mais contundente do campeonato, 85, a média de 2,6. Dessas “reti”, todavia, 46, ou 54%, se concentram em três atletas: Muriel (17), Ilicic (15) e Zapata (14). A Juve já anotou 65 tentos, 26 deles por Cristiano Ronaldo e 11 por Paulo Dybala. Mas a sua retaguarda ainda é a melhor do certame, 30. E, diante do Milan, o treinador Maurizio Sarri não contou com o nederlandês De Ligt, suspenso. A defesa da Atalanta tomou 39 tentos.

Cristiano Ronaldo e Dybala, os artilheiros da "Senhora"

Cristiano Ronaldo e Dybala, os artilheiros da "Senhora"

@JuventusFC

Uma outra singela vantagem da “Zebra” nesta jornada. O seu cotejo do sábado acontecerá às 16h45, de Brasília. Ao subir ao relvado do Allianz, já conhecerá o placar da vice Lazio, dirigida por Simone Inzaghi, contra o Sassuolo de Roberto De Zerbi, no Olímpico da capital, em um desafio marcado para as 12h15. Honrosamente, o “neroverde” da Emília-Romagna se localiza no oitavo lugar, 43 pontos, a seis da conquista de uma vaga na Europa League. E pode perfeitamente assustar. Não sucumbe faz seis partidas.


Gostou? Clique em “Compartilhar”, em “Twittar”, ou deixe a sua opinião em “Comentários”. Obrigado. Fique em casa, que eu fico a dever um abração!