Silvio Lancellotti Lukaku brilha, a Inter bate o Genoa por 3 X 0 e assusta a líder Juventus

Lukaku brilha, a Inter bate o Genoa por 3 X 0 e assusta a líder Juventus

Com dois dos tentos da sua equipe, o artilheiro belga bate um recorde de 60 anos e deixa a sua "Biscione" só quatro pontos atrás da "Velha Senhora"

Luklaku, na capa do twitter da Internazionale

Luklaku, na capa do twitter da Internazionale

@Inter

Juram as pesquisas que, na Itália, de cada três fãs do “Calcio”, o Futebol da Bota, um torce pela Juventus de Turim. Ou, 33% de toda a “tifoseria”. Seguem a “Zebra”, muito atrás, a Internazionale e o Milan, 19% cada qual. Na sexta-feira, dia 24 de Julho, os 33% da Juve e os 19% do “Diavolo” se agregaram contra os 4% da Atalanta de Bérgamo. E havia uma razão bem objetiva para explicar a descomunal conjunção. Na abertura da 36ª jornada do Campeonato Nacional de 2019/2020, com 74 pontos e só mais nove a se disputarem, a “Deusa” era a agremiação com mais chances de atrapalhar a caminhada da “Zebra”, 80, em busca do seu título de número 36, o seu nono consecutivo.

A festa dos companheiros para o segundo gol de Lukaku no cotejo

A festa dos companheiros para o segundo gol de Lukaku no cotejo

@Inter

Milan e Atalanta ficaram no 1 X 1. A “Deusa” apenas foi aos 75. Por isso, neste sábado, o dia 25, coube aos 33% da Juve se somarem aos 3% do Genoa, agora contra a Inter, ou a “Biscione”, a serpente mitológica da Lombardia. Em caso de sucesso sobre o Genoa, ou “Grifone”, outro bicho lendário, um leão com cabeça de águia, a Inter subiria aos 76 pontos e ainda mais perto da líder. Uma circunstância que compeliria a Juve a despertar da sua atual modorra e a superar a Sampdoria, rival do Genoa na Ligúria. A Juve que só ganhou uma das suas cinco últimas partidas e que, nessa hibernação, aceitou 12 dos 38 tentos que concedeu no certame inteirinho. Uma situação perigosíssima.

Lukaku, agora 23 tentos no campeonato

Lukaku, agora 23 tentos no campeonato

@Inter

E ficou mais arriscada porque, mesmo em viagem até o venerando Luigi Ferraris, o estádio do “Grifone”, no bairro do Marassi, em Gênova, a “Biscione” ignorou o adversário e lhe pespegou 3 X 0, um gol do “chilenito” Alexis Sánchez e dois tentos do belga Romelu Lukaku, de ancestrais congoleses. Impressionante: agora com 23 “reti” no campeonato, Lukaku realizou 15 nos campos dos inimigos, um recorde, como o cravado pelo húngaro Srefano Nyers no torneio de 1949/50. A Inter escalou a cota dos 76 pontos, meros quatro atrás da Juve. Fato que torna ainda mais crucial e mais dramática a empreitada da “Senhora” em mais 24 horas, 16h45 aqui no Brasil.


Gostou? Clique num dos ícones para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, use máscara. E fique com o meu abração virtual! Obrigadíssimo!

Últimas