Paulistão

Silvio Lancellotti A riqueza de detalhes e a beleza de ilustrações na "Enciclopédia da FPF"

A riqueza de detalhes e a beleza de ilustrações na "Enciclopédia da FPF"

Com o esforço de um batalhão de mais de vinte pesquisadores, o abnegado Rofolfo Kussarev, na origem um geógrafo e publicitário, lança uma obra que desvenda toda a história do Futebol Paulista

A capa do livraço

A capa do livraço

RodrigoCorsi/Paulistão

Trata-se, efetivamente, de uma obra de peso, no sentido literal da expressão. Ou, um livraço de capa dura, 32cm X 24cm X 53mm, todo em quadricromia e no charmoso papel couchê, e ainda embalado numa caixa cartonada, cerca de 5kg de carga e de autoridade. Nada mais justo para celebrar o que o seu título informa: “125 Anos de História – A Enciclopédia do Futebol Paulista”, que consumiu cinco anos de pesquisas e que a “Campo de Ação” realizou com o fanatismo saudável de quem não descura dos mínimos detalhes.

A embalagem de proteção

A embalagem de proteção

RodrigoCorsi/Paulistão

Tudo começou na dedicação de Rodolfo Kussarev, um paulistano do bairro do Ipiranga, nascido em 1968, aos torneios de Futebol de Botão. Um preciosista, ele fazia questão de colocar os nomes corretos nos jogadores das suas equipes de mesa. Da brincadeira brotou uma paixão incrível pela coleta de dados. Até que, em 1999, adequadamente, Kussarev decidiu consolidar num negócio o que parecia simples mania e criou a “Campo de Ação”.

Rodolfo Kussarev

Rodolfo Kussarev

RodrigoCorsi/Paulistão

Geógrafo e publicitário de formação, Kussarev já havia trabalhado como colaborador do “Almanaque Abril”, como consultor da revista “Placar” e coordenador de publicações como a dos “500 Melhores Times do Brasil e do Mundo”. E ainda se associou a uma empresa de gestão de Futebol, que forneceu suporte a duas dezenas de clubes, a ponto de se tornar presidente do Red Bull Campinas de 2013 a 2019. No caudaloso percurso que o conduziu ao compêndio de agora aconteceram 40 livros sempre enfronhados nas minudências.

Detalhe do interior da obra

Detalhe do interior da obra

RodrigoCorsi/Paulistão

A obra envolveu um batalhão de vinte e tantos fuçadores dos arquivos da FPF, de seus clubes e inclusive da mídia. Kussarev e seus braços-direitos, Fernando Martinez e Júlio Diogo, claro, também dispuseram do máximo apoio do Departamento de Comunicação da entidade, comandado por Bernando Itri, um jornalista de nomeada, ex-Record TV, ex-Folha. Uma ousadia, “em tempos difíceis, lançar uma obra como esta”, observa Itri. De fato, completa Kussarev, "pudemos chegar ao resumo dos campeonatos de Primeira Divisão, mas também os de Segunda, Terceira, Quarta, Municipal e do Interior, aqueles que, mesmo esquecidos pela história, foram fundamentais para o desenvolvimento do nosso esporte".

Uma página espécial

Uma página espécial

RodrigoCorsi/Paulistão

Didaticamente dividida em categorias, esta “Enciclopédia” desvenda a relação cronológica dos campeonatos, ano a ano, com todos os dados possíveis de seus participantes, de suas campanhas, mais fotos e muitas curiosidades. Por exemplo, homologou os vencedores das demais divisões, além da Primeira, de 1916 a 1946, assim como do Futebol Feminino, desde 1987. E ainda há uma “Seção dos Clubes”, nas quais se listam mais de 800 agremiações, inclusive do passado, extintas, de centenas de cidades paulistas. Fartamente ilustrado, o livraço apenas é encontrável, exclusivamente para a compra-on-line, neste endereço:

Uma ideia da espessura do livraço, 53mm

Uma ideia da espessura do livraço, 53mm

RodrigoCorsi/Paulistão

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o abraço virtual do Sílvio Lancellotti! Obrigadíssimo!

Últimas