Tóquio 2020

R7 Só Esportes Rumo a NBA? Robô cestinha é atração do basquete na Olimpíada

Rumo a NBA? Robô cestinha é atração do basquete na Olimpíada

Em lances milimetricamente calculados, atração tecnológica impressiona com cestas inacreditáveis, de distâncias variadas

Na terra do sol nascente, tecnologia e esporte se encontram. E uma das atrações desses Jogos Olímpicos Tóquio 2020 é justamente um robô craque no basquete. Nos intervalos dos jogos da modalidade, o amigo motorizado tem chamado a atenção com cestas inacreditáveis, milimetricamente calculadas. 

No vídeo, o robô cestinha acerta uma cesta do meio da quadra, cena rara até mesmo em entre jogadores de altíssimo nível, como na NBA, e conquistou o carinho dos japoneses. Com arremessos de distâncias variadas e que caem com precisão, sem sequer tocar no aro, o robô leva as pessoas presentes na arena esportiva à loucura. 

Robô cestinha vira atração em Tóquio 2020

Robô cestinha vira atração em Tóquio 2020

Reprodução/Twitter

Não é possível identificar qual partida contou com a animação da tecnologia, porém, os jogos de basquete na Olimpíada iniciaram neste fim de semana.

A rodada preliminar começou com emoção até o fim. O favorito time dos Estados Unidos perdeu para a França, na manhã deste domingo (25), na estreia do basquete nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

A França entrou no último minuto atrás do placar, mas conseguiu a virada e ainda ampliou, terminando o jogo 83 a 76. Estados Unidos e França estão no grupo A, que tem também Irã e República Tcheca.

Os Estados Unidos voltam à quadra na próxima quarta-feira (28), contra o Irã. No mesmo dia, a França encara a República Tcheca.

EUA perdem para França na estreia do basquete em Tóquio 2020

Últimas