Corinthians

R7 Só Esportes Carro de Jô é apedrejado por torcedores ao deixar buffet em SP

Carro de Jô é apedrejado por torcedores ao deixar buffet em SP

Atacante do Corinthians estava em um evento com a família e foi hostilizado por membros de uma organizada do Timão

O atacante Jô voltou a se envolver em polêmica com os torcedores do Corinthians. O jogador teve o carro apedrejado e foi hostilizado na noite da última quarta-feira (21), quando um deixava um buffet, localizado na zona leste de São Paulo.

O jogador, segundo nota divulgada pela sua assessoria, estava em um evento para o lançamento da coleção de verão de uma marca de roupa, que o atleta tem franquia, e estava acompanhado de sua família quando foi abordado por membros de uma torcida organizada do Timão.

Jô, atacante do Corinthians, foi hostilizado por torcedores na noite da última quarta-feira (21)

Jô, atacante do Corinthians, foi hostilizado por torcedores na noite da última quarta-feira (21)

André Anselmo/Futura Press/Folhapress 21.12.20

"É a Gaviões, fi... da p.... Esse Jô é um arromb.... Era ele, mano", dizem alguns torcedores enquanto o carro sai do local. Alguns que estavam presentens chegaram a dizer que o atacante Gustavo Mosquito também estaria no evento. O atleta, porém, estava em casa com a esposa e os dois filhos segundo suas redes sociais.

"Ontem à noite (21 de julho), passei por uma situação inadmissível. Estava em meu carro com a minha esposa, quando tive meu carro apedrejado, por volta das 23h. Felizmente, ninguém se feriu, mas minha esposa está abalada com o ocorrido e com medo de nossa família ser atacada novamente. Cobrança de torcida não deve ser feita dessa maneira. Respeitem à mim e à minha família", disse Jô em comunicado. 

Antes do acontecimento de ontem, no começo do mês, um vídeo de Jô saindo de uma suposta festa clandestina viralizou nas redes sociais. Naquela ocasião, o atacante também deu uma declaração, em vídeo, desmentindo o caso.

Confira a nota oficial divulgada pelo atacante Jô:

Ontem à noite (21 de julho), passei por uma situação inadmissível.

Estava em meu carro com a minha esposa, quando tive meu carro apedrejado, por volta das 23h.

Na ocasião, nós estávamos na Convenção de Vendas do Verão 2022 da marca BUH o qual somos franqueados da unidade do Shopping Tijuca.

A convenção de vendas teve início segunda-feira (19 de julho), onde participamos em todos os dias com treinamentos , apresentação, showroom de compras e do encerramento da convenção dia 22 de julho, às 19h, na Mooca.

Nesse local houve uma apresentação de itens da nova coleção sendo vestidas por integrantes da banda que finalizou o evento e ocorreu esse fato.

A Buh é uma marca de roupa, somos proprietários e estávamos participando de um evento da empresa.

O ocorrido na saída do evento foi lamentável.

Felizmente, ninguém se feriu, mas minha esposa está abalada com o ocorrido e com medo de nossa família ser atacada novamente.
Cobrança de torcida não deve ser feita dessa maneira.

Respeitem à mim e à minha família.

Veja fotos da primeira rodada do futebol masculino na Olimpíada

Últimas