Pelé

Pelé ou Messi? Será que vale essa pergunta?

Toda vez que Messi brilha em campo, surge essa discussão sem cabimento

  • Lucas Pereira | Do R7

Montagem R7/Getty Images e Gazeta Press

Lionel Messi voltou a jogar o futebol exuberante que o consagrou.

Não que ele tenha deixado de ser o melhor jogador do mundo atualmente.

Mas ele não passava por um bom momento e estava longe de ser aquele jogador decisivo que estamos acostumados a admirar.

Principalmente no período depois da Copa do Mundo, onde ele mais uma vez não rendeu o esperado jogando pela seleção.

E é exatamente nesse ponto que eu quero chegar.

O Messi, por mais espetacular que seja, só jogou como melhor do mundo no Barcelona.

No Barça, com grandes jogadores do lado dele, realmente ele desfila todo o seu talento.

Agora na Argentina, nunca conquistou nenhum título, nem mostrou o seu poder de decidir.

Bateu na trave na Copa de 2014, quando jogou a final em um Maracanã que foi invadido por argentinos.

Por isso é que não dá para compará-lo com o Pelé.

Um jogador que conseguia destruir os adversários, tanto com a camisa do Santos, como pela seleção brasileira.

Um tricampeão mundial pelo Brasil, que jogou uma Copa com 17 anos de idade.

Mas por que que eu estou escrevendo sobre o rei do futebol?

Porque sempre que o Messi arrebenta em algum jogo, surge novamente essa discussão de quem é o melhor de todos os tempos. 

Pelé ou Messi?

Claro que o argentino tem a grande vantagem de estar no auge da carreira em um momento em que as emissoras de televisão e as redes sociais não se cansam de mostrar suas virtudes.

O material dedicado a ele é riquíssimo.

Coisa que o Pelé não teve.

As imagens mais importantes que temos do rei, foram na Copa de 70, quando ele mais uma vez foi decisivo, mas já não estava mais no auge da carreira.

Já não era mais o dono daquelas arrancadas espetaculares e que deixava todo mundo no chão, como ele fazia nos anos sessenta.

Mesmo assim, a genialidade dele falou mais alto e Pelé brilhou no tricampeonato disputado no México.

Gostaria até que todos fizessem o exercício de imaginar o Pelé jogando atualmente, com toda a tecnologia empregada nas bolas e chuteiras.

Com os preparadores físicos e fisiologistas de hoje, já pensou?

Principalmente com toda a mídia mostrando por vários ângulos todo o seu talento.

Com certeza ele teria sido ainda mais espetacular.

Na minha opinião, o único jeito de realmente comparar os dois, é se eles tivessem jogado no mesmo período.

O Messi não é unanimidade nem entre os argentinos.

Muitos hermanos ainda lembram do Maradona como mais genial que o Messi.

Aí podemos até discordar, mas pela seleção da Argentina o Maradona ganhou uma Copa do Mundo em que ele foi o cara.

Já o Messi...

Últimas