O falastrão Thiago Silva

Zagueiro do PSG e da seleção fala mais do que deve e causa mal-estar no time francês

O falastrão Thiago Silva

Thiago Silva

Thiago Silva

Getty Images

As coletivas de imprensa com os jogadores de futebol, estão cada vez mais chatas, vocês não acham?

Todos falam aquelas mesmas frases ensaiadas e que não dizem nada com nada.

O medo de dizer alguma coisa que possa virar notícia praticamente paralisa os entrevistados.

Bom, isso acontece na maioria das vezes.

Alguns atletas fogem desse padrão e falam o que pensam, sem preocupações.

Outros gostam de provocar nas redes sociais, muitas vezes postando frases preconceituosas e infelizes.

E ainda tem aqueles que causam um verdadeiro tumulto numa simples entrevista.

Foi o que fez o zagueiro Thiago Silva do PSG.

Ele deu declarações falando abertamente pra imprensa o que achou do atraso do uruguaio Cavani e do argentino Pastore, que não se reapresentaram com o restante do grupo.

Sem medo de criar polêmica, afirmou que atitudes como essa prejudicam o grupo.

E foi além, justificando o ataso do Pastore, com um suposto interesse de deixar o clube.

Foi o suficiente para criar outra crise interna dentro do Paris Saint Germain.

Os dois atrasados após o retorno das férias foram punidos pelo técnico Unai Emery com a ausência nos dois próximos jogos.

Vale a pena deixar claro que eles receberiam essa punição, mesmo que o Thiago Silva não os tivesse reprimido na entrevista.

A situação ficou ainda pior, depois que Javier Pastore desmentiu o zagueiro brasileiro, dizendo que não tem interesse de deixar o clube.

Afirmou que o atraso aconteceu por causa de problemas de saúde com a esposa grávida de oito meses.

Disse ainda que jamais conversou sobre uma suposta saída com Thiago Silva. Pelo contrário, declarou que tem a intenção de encerrar a carreira por lá.

Diante de toda essa lavagem de roupa suja explícita, o jornal francês "L'Equipe" publicou uma matéria exaltando esse racha que existe dentro do time. E não é de hoje.

Relatou um atrito entre os brasileiros e os argentinos do elenco. 

Seguindo a publicação, Di Maria, Pastore e Giovanni Lo Celso, que tem o apoio de Cavani,  não engolem os brasileiros.

A crise chegou ao seu auge com a viagem de Neymar ao Brasil no ano passado, alegando problemas pessoais. Os hermanos ficaram irritados ao ver o craque postando fotos numa festa durante este período.

Não dá pra dizer se a publicação francesa está só fazendo fofoca ou se o time está mesmo rachado.

Mas, depois da entrevista do Thiago Silva, dá até pra acreditar em tudo que foi escrito.

Seria muito melhor para ele e para o clube, que ele tentasse resolver isso tudo internamente, sem expor desacordos e desentendiimentos no grupo.

Não dava pra ficar calado Thiago?

Até a próxima.

    Access log