Jab Direto Conor Mcgregor venceu pela última vez no UFC quando?

Conor Mcgregor venceu pela última vez no UFC quando?

Destruir celular de fã é fácil, mas e a revanche contra Khabib Nurmagomedov?

Getty Images

A resposta para a pergunta no título eu deixo para depois. Primeiro, quero lembrar que Conor McGregor derrotou José Aldo no UFC 194, há três anos e três meses, quando passou a ser impossível questionar a qualidade do irlandês, que, em seguida, batalhou duas vezes com Nate Diaz e depois conquistou o cinturão dos leves do Ultimate. O primeiro homem a acumular dois títulos da organização ao mesmo tempo, de fato muito impressionante.

Mas não há bem que dure para sempre. Nesta semana, McGregor foi detido por roubar o celular de um fã e destruir o aparelho. Não é surpreendente, a atitude é até esperada vinda de alguém com essa personalidade performática. Pode-se dizer que ele se perdeu no personagem, mas foi graças a esse tipo de ação que o atleta ganhou tanta notoriedade e é tão bem pago. A idiotização de lutadores é antiga, uma tradição que surgiu no boxe e rende dinheiro quando é bem feita.

O problema é que ele não entra mais no octógono. Podemos dizer que McGregor está aposentado? Nada indica que esse é o caso, mas é até natural que ele queira desacelerar, já que não é mais campeão e está multimilionário. Só que a última impressão deixada no UFC foi de uma surra sofrida para Khabib Nurmagomedov, isso menos de seis meses atrás. O irlandês, antes do combate ser marcado, atirou um carrinho de carga no ônibus onde estava o rival, ação que feriu gente que nada tinha a ver com aquilo. A violência não foi esquecida pelo russo, que fez questão de humilhar o ex-campeão depois da luta no T-Mobile Arena, em Las Vegas, onde o caos foi instaurado assim que o duelo acabou.

Ser valentão contra um civil é fácil, mas por que não ligar para Dana White e pedir uma revanche contra Nurmagomedov? Desde que venceu pela última vez, McGregor invadiu a jaula do Bellator para brigar com um árbitro, foi muito bem pago para ser surrado por Floyd Mayweather no boxe, foi detido duas vezes no Estados Unidos e foi humilhado no UFC. É justo questionar se o irlandês que nocauteou Aldo em 13 segundos ainda existe.

Já disse antes e repito, McGregor foi mimado com um caminho favorável até se tornar campeão. Dana White viu que tinha uma mina de ouro na mão e o protegeu de wrestlers. Antes de Nurmagomedov, o único especialista em quedas enfrentado pelo irlandês foi Chad Mendes, que aceitou a luta em cima da hora e estava em uma forma física lamentável. Ainda assim, o norte-americano teve bons momentos no duelo e quase saiu vitorioso enquanto tinha gás.

Isso posto, o irlandês foi gigante ao conquistar dois títulos do UFC. Existe uma razão para só um homem no planeta ter conseguido nocautear Aldo em 13 segundos. Àquela altura, o brasileiro nunca havia sofrido um KO na carreira e estava invicto há dez anos. Palmas para McGregor, que depois tirou o bom Eddie Alvarez para nada. Só que a carreira dele no MMA, até que se prove o contrário, acabou ali, no dia 12 de novembro de 2016, quando teve a mão levantada pela última vez (eis a resposta da pergunta no título).

McGregor retornará? Difícil dizer, mas é quase certo que ele perde nove de dez vezes para Nurmagomedov. Não é uma revanche favorável para o irlandês, mas existe um ditado famoso: "enfrente alguém do seu tamanho". Ser covarde com um fã é fácil, difícil é entrar no octógono e devolver a humilhação sofrida contra o russo.