Futebol em Números Boca Juniors, o maior carrasco dos times brasileiros na Libertadores

Boca Juniors, o maior carrasco dos times brasileiros na Libertadores

Clube argentino despachou o Cruzeiro nas quartas de final Libertadores, passando pela 14ª vez por um time brasileiro em 17 mata-matas na história

Boca Juniors, Libertadores

Pavon comemora o gol contra o Cruzeiro, no empate por 1 a 1 no Mineirão

Pavon comemora o gol contra o Cruzeiro, no empate por 1 a 1 no Mineirão

Ueslei Marcelino/Reuters - 4.10.2018

Grande carrasco dos times brasileiros na Libertadores, o Boca Juniors aprontou mais uma. Nessa quinta-feira (4), no Mineirão, o time argentino arrancou o empate por 1 a 1 contra o Cruzeiro e garantiu sua classificação para a semifinal, onde pegará outro brasileiro, o Palmeiras. 

Na história da Libertadores, em 17 confrontos de mata-matas contra times do Brasil, o Boca Juniors saiu vitorioso em 14 e derrotado em apenas três deles — nas finais de 1963 (Santos) e 2013 (Corinthians) e na semifnal de 2008 (Fluminense).

Contra o Cruzeiro, em três confrontos de mata-mata, o Boca Juniors levou a melhor em todas: final de 1977, oitavas de 2008 e, agora, nas quartas de 2018. 

O técnico Mano Menezes, do Cruzeiro, que já havia perdido a final da Libertadores de 2007 pelo Grêmio, voltou a ser derrotado pelo Boca Juniors.

O time argentino pegará agora o Palmeiras, time que também já foi derrotado duas vezes em mata-matas de Libertadores: na final de 2000 e na semifinal de 2001. 

Boca Juniors contra times brasileiros em mata-matas da Libertadores:
17 confrontos
14 vezes o Boca saiu vitorioso
3 vezes o Boca foi derrotado

Confrontos de mata-mata contra brasileiros em que o Boca Juniors saiu vitorioso:
1977 - Final (ganhou do Cruzeiro)
1991 - Oitavas (passou pelo Corinthians)
1991 - Quartas (passou pelo Flamengo)
2000 - Final (ganhou do Palmeiras)
2001 - Quartas (passou pelo Vasco)
2001 - Semifinal (passou pelo Palmeiras)
2003 - Oitavas (passou pelo Paysandu)
2003 - Final (ganhou do Santos)
2004 - Quartas (passou pelo São Caetano)
2007 - Final (ganhou do Grêmio)
2008 - Oitavas (passou pelo Cruzeiro)
2012 - Quartas (passou pelo Fluminense)
2013 - Oitavas (passou pelo Corinthians)
2018 - Quartas (passou pelo Cruzeiro)

Confrontos de mata-mata contra brasileiros em que o Boca Juniors foi derrotado:
1963 - Final (perdeu para o Santos)
2008 - Semifinal (eliminado pelo Fluminense)
2012 - Final (perdeu para o Corinthians)

Boca Juniors contra brasileiros na história da Libertadores (total):
45 jogos
19 vitórias
14 empates
12 derrotas
66 gols feitos
52 gols sofridos

Boca Juniors contra brasileiros na história da Libertadores (em casa):
23 jogos
12 vitórias
6 empates
5 derrotas
37 gols feitos
21 gols sofridos

Boca Juniors contra brasileiros na história da Libertadores (no Brasil):
22 jogos
7 vitórias
8 empates
7 derrotas
29 gols feitos
31 gols sofridos

Em outras competições oficiais da Conmebol, o Boca Juniors também leva vantagem sobre os times brasileiros nos confrontos de mata-mata, saindo vitorioso em oito dos 13 confrontos. No geral, então, em todas as competições, são 30 confrontos, com 22 vitórias do Boca e apenas oito dos times brasileiros.

Confrontos de mata-mata contra brasileiros em que o Boca Juniors saiu vitorioso:
1988 - Semifinal da Supercopa Libertadores (eliminou o Grêmio)
1992 - Final da Supercopa Masters Conmebol (ganhou do Cruzeiro)
1993 - Semifinal da Copa Ouro (eliminou o São Paulo)
1993 - Final da Copa Ouro (ganhou do Atlético-MG)
1994 - Semifinal da Supercopa Libertadores (eliminou o São Paulo)
2004 - Quartas da Copa Sul-Americana (eliminou o Internacional)
2005 - Semifinal da Copa Sul-Americana (eliminou o Internacional)
2006 - Final da Recopa Sul-Americana (ganhou do São Paulo)

Confrontos de mata-mata contra brasileiros em que o Boca Juniors foi derrotado:
1996 - Oitavas de Supercopa Libertadores (eliminado pelo Cruzeiro)
1998 - Quartas da Copa Mercosul (eliminado pelo Palmeiras)
2000 - Quartas da Copa Mercosul (eliminado pelo Atlético-MG)
2007 - Oitavas da Copa Sul-Americana (eliminado pelo São Paulo)
2008 - Quartas da Copa Sul-Americana (eliminado pelo Internacional)

Conheça mais sobre Borja, o artilheiro 'família' do Palmeiras