Cosme Rímoli Vexame. Neymar desrespeita Stan Lee. Como fez com Stephen Hawking

Vexame. Neymar desrespeita Stan Lee. Como fez com Stephen Hawking

O capitão da Seleção e principal jogador deste país segue sem noção. Estragou linda homenagem a Stan Lee com Ronaldinho batucando

neymar

Ronaldinho Gaúcho batucando. Um desrespeito descabido na morte de Stan Lee

Ronaldinho Gaúcho batucando. Um desrespeito descabido na morte de Stan Lee

Reprodução/Instagram

São Paulo, Brasil

Neymar deu outra vez vexame.

Desta vez fora dos gramados.

O melhor jogador de futebol da atual geração continua infeliz.

Principalmente quando decide homenagear ícones falecidos.

Saiba quem é Adão Rosa, o tatuador de Neymar e favorito dos boleiros

Em março de 2018, o físico e cosmólogo Stephen Hawking faleceu. Foi um dos cientistas mais influentes do mundo desde Albert Einstein, não só por suas contribuições para o progresso das teorias que explicam o Universo, mas também por sua constante preocupação em aproximar a ciência das pessoas comuns.

Seu sofrimento foi imenso por ter uma doença degenerativa. 

Hawking era portador de esclerose lateral amiotrófica (ELA) que paralisa os músculos do corpo sem, no entanto, atingir as funções cerebrais, sendo uma doença que ainda não possui cura.

A doença foi detectada quando tinha 21 anos.

Em 1985 Hawking teve que submeter-se a uma traqueostomia após ter contraído pneumonia visitando o CERN na Suíça e, desde então, utilizava um sintetizador de voz para se comunicar.

Aos poucos, foi perdendo o movimento dos braços e pernas, assim como do resto da musculatura voluntária, incluindo a força para manter a cabeça erguida, de modo que sua mobilidade era praticamente nula. Em 2005 Hawking usava os músculos da bochecha para controlar o sintetizador, e em 2009 já não podia mais controlar a cadeira de rodas elétrica.

Veja mais: Segundo jornal catalão, Neymar quer voltar para o Barcelona

Morreu no dia 14 de março do ano passado.

Neymar decidiu homenageá-lo.

Colocou uma foto sua, na cadeira de rodas, por haver quebrado o dedinho do pé direito.

Uma frase de Hawking.

"Você tem que ter uma atitude positiva e tirar o melhor da situação na qual se encontra."

E o nome do cientista.

Como não deveria deixar de ser, Neymar foi massacrado nas redes sociais.

Ele comparava seu dedinho quebrado à vida cercada de agonia do gênio britânico.

Uma inesquecível bobagem.

Quase uma ofensa.

E ontem ele conseguiu fazer pior.

Veja mais: Neymar retira quadro de foto com Bruna Marquezine da parede de casa

Neymar colocou uma foto em que todos os maiores heróis das histórias em quadrinhos velavam Stan Leen, o brilhante criador de todos os personagens. 

Era um lindo tributo da Marvel.

Mas na reprodução do jogador brasileiro havia a introdução de uma imagem de Ronaldinho Gaúcho tocando tambor. Reprodução do que fez na sua aparição de surpresa na final da Copa do Mundo da Rússia.

Neymar, dedinho quebrado e sorriso. O sofrimento absurdo de Stephen Hawking

Neymar, dedinho quebrado e sorriso. O sofrimento absurdo de Stephen Hawking

Reprodução/Twitter

Algo inacreditável.

Como é que Neymar pôde fazer graça com a morte de Stan Lee?

Como não pôde reparar que Ronaldinho Gaúcho estava na foto?

Veja mais: Presidente da La Liga diz sentir falta de Neymar: 'Gostaria que voltasse'

Se foi um dos seus 30 assessores, como é que publica no seu Instagram?

É muito desrespeito, muito desleixo com ícones do século XXl.

Alienação imperdoável.

Este é o principal jogador de futebol deste país.

Capitão da Seleção Brasileira...

Curta a página R7 Esportes no Facebook

Neymar tem boa parte do corpo desenhado, veja suas tattoos