Seleção brasileira

Cosme Rímoli Venezuela tem 12 infectados por Covid. Seleção Brasileira com medo

Venezuela tem 12 infectados por Covid. Seleção Brasileira com medo

A adversária do Brasil, na estreia da Copa América, a Venezuela vive um surto de Covid. O medo dos atletas de Tite não é o futebol da Venezuela. Mas se nenhum infectado entrará em campo

  • Cosme Rímoli | Do R7

Sete jogadores da Venezuela com Covid. Adversários da estreia do Brasil amanhã

Sete jogadores da Venezuela com Covid. Adversários da estreia do Brasil amanhã

Federação Venezuelana

São Paulo, Brasil

O maior medo da Seleção Brasileira, amanhã, às 18 horas, em Brasília, não é o futebol da Venezuela, na abertura da Copa América.

O receio está justamente na saúde dos adversários.

O país que se ofereceu para sediar a Copa América, depois da recusa da Colômbia e da Argentina, em plena pandemia, terá pela frente um elenco com um surto de Covid-19.

Nada menos do que 12 membros da delegação venezuelana já foram diagnosticados com o vírus. De acordo com a imprensa de Caracas, sete deles seriam jogadores. Mikel Villanueva, Jhon Chancellor, Josef Martínez, Rómulo Otero, Roberto Rosales, Jhonder Cádiz e Rafael Romo.

A Conmebol ontem até mudou o regulamento da competição.

Prevendo novos surtos, a Confederação Sul-Americana de Futebol, permite que cada um dos dez selecionados possam trocar a lista de convocados, sem limitação, desde que os que saíam estejam com Covid.

O time venezuelano do português José Peseiro já é fraco. Ainda mais sem sete atletas, se tornará uma presa ainda mais fácil para a Seleção. A obrigação de golear é absoluta.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, fez questão hoje, de afirmar que o surto de Covid-19 na Seleção Venezuelana não é uma derrota. Não prova o quanto o torneio é perigoso.

"Não enfraquece ( a disputa esportiva). Os testes são para detecção dos casos positivos. É um sinal de que o protocolo funciona", disse, evitando polêmicas.

Os jogadores de cada selecionado têm de se submeter a testes para a detecção da Covid-19, a cada dois dias do torneio.

Ministro da Saúde diz que contaminação na Venezuela não enfraquece a Copa América

Ministro da Saúde diz que contaminação na Venezuela não enfraquece a Copa América

Ministério da Saúde

Mesmo assim, os atletas da Seleção Brasileira estão muito preocupados.

A começar pela estreia contra a Venezuela.

Pesado.

Esse é o clima da Copa América 2021...

Últimas