Seleção brasileira

Cosme Rímoli Tite se desespera, com Inglaterra e Espanha sabotando as Eliminatórias

Tite se desespera, com Inglaterra e Espanha sabotando as Eliminatórias

Treinador brasileiro terá de apelar para jogadores que sabe: não levará para a Copa do Mundo, contra o Chile, Argentina e Peru. A CBF, omissa, espera a definição

  • Cosme Rímoli | Do R7

Tite sabe que. Inglaterra e França sabotam seus planos para enfrentar Chile, Argebntina e Peru

Tite sabe que. Inglaterra e França sabotam seus planos para enfrentar Chile, Argebntina e Peru

CBF

São Paulo, Brasil

 Alisson, Fabinho e Roberto Firmino, do Liverpool; Ederson e Gabriel Jesus, do Manchester City; Thiago Silva, do Chelsea; Richarlison, do Everton; Fred, do Manchester United; e Raphinha, do Leeds United.

Éder Militão e Casemiro do Real Madrid.

11 jogadores dos 25 jogadores convocados para a rodada tripla das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo.

Tite teve ontem a notícia que eles não deverão estar nas partidas contra o Chile, no dia 2 de setembro, em Santiago; diante da Argentina, em São Paulo, no dia 5 de setembro; e também na partida contra o Peru, em Pernambuco, dia 9.

A Premiere League, liga que reúne todos os clubes ingleses, decidiu não liberar 60 atletas para as Eliminatórias da Copa do Catar. A reivindicação partiu do Manchester City e do Liverpool. Os demais clubes acataram a ideia. Em seguida, La Liga, também decidiu o mesmo caminho.

A tese da Premier League é que os jogadores teriam de atuar em países que constam da 'lista vermelha', são 60. Ou seja, lugares ainda afetados pela pandemia. E eles teriam de jogar e na volta se submeterem a um período de isolamento de dez dias. 

Alguns jogadores convocados por Tite já avisaram a CBF que não podem fazer nada, precisam obedecer seus clubes.

Para piorar a situação do treinador brasileiro, há a possibilidade de todos os clubes europeus optarem juntos pela não liberação. Se a França aderir, Neymar e Marquinhos, titulares absolutos da Seleção, também não atuariam.

Há outra desculpa, além da pandemia. O fato de na América do Sul ser rodada tripla. E não dois jogos como acontecia normalmente. Com isso, em vez de ficar sem os jogadores por nove dias, ficarão sem 11 dias.

Tite havia planejado usar esses três jogos para tentar recuperar o prestígio do time que está preparando para a Copa do Mundo. E perdeu a Copa América para a Argentina, em pleno Maracanã.

E, se confirmada a não liberação, ele terá de apelar para jogadores que atuam no Brasil. Chamando atletas que não conta para a Copa do Mundo. Como os que acabaram de ganhar,outra vez, a medalha de ouro olímpica.

Para Tite é desesperador.

Porque sabota o plano que tinha, de aproveitar ao máximo essa volta da Seleção para trabalhar firme na definição da equipe que sonha levar para o Mundial. 

Os próximos jogos da Seleção acontecerão apenas em outubro. Dia sete, na Venezuela. E dia 12, aqui no Brasil, contra o Uruguai.

Entre os clubes, com condições de cederem mais jogadores para a Seleção, Flamengo e Palmeiras não se animam nesta rodada tripla. Ao contrário do Atlético Mineiro.

A Federação Francesa estuda aderir ao motim. Brasil e Argentina sem Neymar e Messi?

A Federação Francesa estuda aderir ao motim. Brasil e Argentina sem Neymar e Messi?

REUTERS/RICARDO MORAES

Para deixar a situação mais complicada, o presidente da Fifa, Gianni Infantino, diz que vai punir os clubes que não liberarem seus atletas. E manterá a rodada tripla.

E a cúpula da CBF estava animada.

Houve a liberação de 12 mil torcedores para Brasil e Argentina, no estádio corintiano.

Com tantos desfalques e com a possibilidade de a França aderir ao posicionamento dos clubes ingleses, seria terrível para a promoção dos maiores rivais da América do Sul, em Itaquera.

Sem Neymar e Messi o confronto perderia e muito.

A CBF segue omissa.

A cúpula não sabe o que fazer.  As partidas do Flamengo, Palmeiras, São Paulo e Atlético Mineiro já foram adiados pela 19ª rodada do Brasileiro.

E os jogos de volta das quartas de final da Copa do Brasil e da ida das semifinais.

A CBF, estática, apenas espera o aviso oficial da Conmebol.

E Tite se desespera...

Brasileiros brilhando na europa e invasão de torcida: veja 7 destaques

Últimas