Coronavírus

Cosme Rímoli Surto descontrolado de covid no Palmeiras pega Abel Ferreira

Surto descontrolado de covid no Palmeiras pega Abel Ferreira

Técnico, que faz ótima campanha, ficará de fora de dois jogos importantes no Brasileiro. E não estará contra o Libertad, no Paraguai, pela Libertadores

  • Cosme Rímoli | Do R7

Abel Ferreira. Não adiantou a máscara. Surto de covid no Palmeiras o atingiu

Abel Ferreira. Não adiantou a máscara. Surto de covid no Palmeiras o atingiu

Cesar Greco/Palmeiras

São Paulo, Brasil

A pior notícia.

Abel Ferreira com covid.

O treinador não escapou do surto da doença no Palmeiras.

Com o controle total dos jogadores e implantando uma nova filosofia, de muita intensidade, troca de posições do meio para a frente, contragolpes tão letais quanto objetivos, ele já acumulava sete vitórias, um empate e uma derrota, desde que assumiu.

A notícia chegou no pior momento, já que o clube precisa vencer o Santos, amanhã, na Vila Belmiro, para brigar pela ponta no Brasileiro.

O time terá ainda o Libertad, no Paraguai, na primeira partida das quartas de final da Libertadores. E também o Bahia, sábado que vem, de novo pelo Campeonato Nacional.

Ferreira não trabalhará nos dois primeiros jogos. E possivelmente também não comandará o time contra a equipe de Mano Menezes.

Seu auxiliar, Vitor Castanheira, comandará o time.

Por conta da falta de controle da covid no Palmeiras, Ramires, flagrado na balada, teve o seu contrato rescindido.

A diretoria temia justamente o contágio de pessoas fundamentais no time, como Abel Ferreira.

O português foi mesmo procurado pelo Al Rayyan, do Qatar.

Mas não quis abrir negociação.

Está satisfeito com seu trabalho no Palmeiras.

Mas Ferreira não deverá ficar longe da preparação do time para esses jogos decisivos.

Sua presença será virtual, caso siga sem sintomas.

E dará suas determinações aos atletas pelo computador.

Fora as inúmeras conversas que normalmente tem com Castanheira.

Mas o momento é de preocupação no Palmeiras.

Estava dando tudo certo com Abel.

Mas o descontrole do clube, em relação à covid, atrapalhou.

Foram 19 jogadores.

E três funcionários.

Gustavo Scarpa pegou duas vezes.

E, agora, Abel.

A diretoria segue investigando.

Onde está o erro no seu protocolo...

Filhas abandonaram Maradona, garante irmã do craque argentino

Últimas