Cosme Rímoli Sem poder ter Deyverson, Cuca pede atacante argentino Dinenno

Sem poder ter Deyverson, Cuca pede atacante argentino Dinenno

O treinador do São Paulo não está contente com Pato, Pablo. E não conta com Carneiro suspenso. Por isso convenceu diretoria a buscar Dinenno

Dinenno, São Paulo, Cuca, Deyverson, Alexandre Pato

São Paulo tem negociação adiantada com o atacante Juan Dinenno

São Paulo tem negociação adiantada com o atacante Juan Dinenno

Reprodução/Instagram

São Paulo, Brasil

Um centímetro.

Essa é a diferença entre Deyverson e Juan Dinenno.

O brasileiro tem 1m87 contra 1m86 do argentino.

Certo de uma pesada suspensão a Gonzalo Carneiro pelo uso de cocaína, insatisfeito com Brenner, que foi emprestado ao Fluminense, e convencido que Pato e Pablo são jogadores de lado do campo, sem presença de área, Cuca foi claro com Raí.

Dos atletas que observou e o São Paulo tem condições financeiras de contratar, Juan Dinenno é o melhor.

O argentino que pertence ao Racing e atua por empréstimo no Deportivo Cali tem as características que precisa. 

Seu futebol tem enorme semelhança ao de Deyverson, contratação exigida pelo treinador, ao assumir o Palmeiras em 2017.

“Hoje, se você não tiver essa referência…

Você não precisa ganhar toda primeira bola, mas, se disputá-la, o adversário já não direciona o passe.

A segunda bola, quando você sai e ganha, propicia o início da jogada. Então, é importante ter esse perfil de jogador", disse o treinador.

O discurso se repetiu no Morumbi.

Ele quer um atacante alto, forte, que nem precise de tanta velocidade, mas de presença na área, capaz de prender os zagueiros, abrir espaços aos atacantes que fazem a diagonal, da ponta para o meio, como Pato e Pablo.

Empresários garantem que a transação pode ser fechada. Já receberam o sinal da diretoria do Deportivo Cali, que tem a prioridade de compra do atacante. O clube colombiano está disposto a pagar o preço estipulado pelo Racing, um milhão de dólares, R$ 4,5 milhões.

E repassá-lo, com lucro, ao São Paulo. 

A pedida do Deportivo Cali é de 3 milhões de dólares, R$ 13,5 milhões. Mas há a certeza dos dirigentes no Morumbi que a transação pode sair por menos. Por cerca de dois milhões de dólares, R$ 9 milhões.

A negociação está bem avançada.

Cuca foi quem mais defendeu a chegada de Deyverson no Palmeiras

Cuca foi quem mais defendeu a chegada de Deyverson no Palmeiras

Reprodução/Sportv

E pode ser anunciada a qualquer momento.

A derrota de ontem para o Bahia pode apressar as coisas.

Cuca segue querendo montar o São Paulo com muita velocidade, intensidade.

Mas precisa de um jogador como referência no ataque.

Como o Palmeiras não vende Deyverson para o rival São Paulo, a solução é apostar em Juan Dinenno...