Novo Coronavírus

Cosme Rímoli Pandemia pode impedir que Brasil tenha Neymar contra a Argentina

Pandemia pode impedir que Brasil tenha Neymar contra a Argentina

Clubes europeus não querem liberar atletas para jogos contra Colômbia e Argentina, pelas Eliminatórias. Fifa dá respaldo

  • Cosme Rímoli | Do R7

Neymar queria vir jogar pela seleção contra a Argentina. Mas PSG não quer liberar

Neymar queria vir jogar pela seleção contra a Argentina. Mas PSG não quer liberar

Reprodução/Instagram

São Paulo, Brasil

Clubes europeus pediram ajuda à Uefa.

E apelararam à Fifa.

Não querem ceder seus jogadores para a seleção brasileira.

Não agora, com o país vivendo seu pico da covid-19.

O Conselho da Fifa, em outubro do ano passado, alterou de forma discreta, a relação entre as equipes e as convocações para disputas internacionais.

Nas seguintes hipóteses.

Se há um período obrigatório de quarentena ou auto-isolamento de pelo menos cinco dias após a chegada na localização do clube que tem a obrigação de liberar o jogador para uma seleção ou o local onde uma partida de seleção está agendada para acontecer;

Se há uma restrição de viagem de ou para qualquer local envolvido na situação anterior;

Nenhuma isenção específica das autoridades relevantes em relação às decisões acima foi concedida aos jogadores de uma seleção.

A entrada de brasileiros na Europa, onde atuam os jogadores que Tite quer convocar, está restrita.

E sujeitos à quarentena.

Se vierem para o Brasil, terão de ficar um período sem jogar.

Ou seja, os clubes estão respaldados em negar atletas para as partidas contra a Colômbia, dia 26, em Barranquilla; e contra a Argentina, dia 6 de abril, em Pernambuco.

Tite já tem uma lista reserva. Só com jogadores que atuam no Brasil

Tite já tem uma lista reserva. Só com jogadores que atuam no Brasil

CBF

A CBF acreditava que venceria esse impasse.

E tentou manter a convocação dos jogadores para esta sexta-feira, dia 5.

Só que já foi cancelada.

Mas no dia 7, a entidade brasileira terá de enviar a lista de jogadores dos confrontos eliminatórios da América do Sul.

Com a possibilidade de ter atletas só do futebol brasileiro.

Neste impasse, Tite conta até com a boa vontade de jogadores importantes.

Como Neymar, que gostaria de vir.

Só que a situação está mais do que complicada.

Vale lembrar a lista da última convocação do treinador.

Para as partidas contra Venezuela e Uruguai, pelas Eliminatórias.

Goleiros

Alisson - Liverpool (ING)
Ederson - Manchester City (ING)
Weverton - Palmeiras

Laterais

Alex Telles - Manchester United (ING)
Danilo - Juventus (ITA)
Gabriel Menino - Palmeiras
Renan Lodi - Atlético de Madrid (ESP)

Zagueiros

Éder Militão - Real Madrid (ESP)
Marquinhos - Paris Saint-Germain (FRA)
Rodrigo Caio - Flamengo
Thiago Silva - Chelsea (ING)

Meio-campistas

Arthur - Juventus (ITA)
Casemiro - Real Madrid (ESP)
Douglas Luiz - Aston Villa (ING)
Everton Ribeiro - Flamengo
Fabinho - Liverpool (ING)
Philippe Coutinho - Barcelona (ESP)

Atacantes

Everton - Benfica (POR)
Gabriel Jesus - Manchester City (ING)
Neymar - Paris Saint-Germain (FRA)
Richarlison - Everton (ING)
Roberto Firmino - Liverpool (ING)
Vinicius Jr - Real Madrid (ESP)

De 23 atletas, quatro eram os que atuavam no Brasil...

Esposa proíbe CR7 de trocar lâmpadas: 'gosto de cuidar da casa'

Últimas