Na hora mais difícil para Tite, Neymar aplaude crítica ao técnico

Neymar não pensou em todos os privilégios e nas inúmeras vezes que o treinador o protegeu. Fez questão de curtir crítica de Rivaldo ao técnico

Tite sempre protegeu Neymar. E agora, o jogador curte crítica ao técnico

Tite sempre protegeu Neymar. E agora, o jogador curte crítica ao técnico

CBF

São Paulo, Brasil

Um clique.

Um simples toque no mouse.

Revelador.

Qualquer pessoa desse planeta poderia curtir o desabafo de Rivaldo.

Menos uma.

Leia também: Messi resume a vitória argentina contra o Brasil: 'Não sofremos'

A revolta do ex-jogador, que foi melhor do mundo em 1999 e pentacampeão pelo Brasil, expressa dois dos ângulos da péssima fase da Seleção Brasileira nas mãos de Tite.

O primeiro foi a banalização da camisa 10 verde e amarela, em pleno clássico mundial contra a Argentina, entregue a Lucas Paquetá, jovem jogador que não consegue se firmar nem no Milan, quanto mais ser o cérebro da Seleção Brasileira.

O segundo, vai no mesmo tema, toca na surperexposição de Paquetá, que sucumbiu. Se intimidou, sofreu inúmeras cobranças justas e outras injustas.

Rivaldo tem razão.

Nesta tarde de sábado, um dia após a derrota para a Argentina e quinta partida sem a Seleção conseguir uma mísera vitória, às 15h40, há 88.789 curtidas para o desabafo.

Mas o que mais repercutiu no mundo foi a de quem jamais poderia concordar.

Neymar.

A crítica pesada de Rivaldo a Tite. Com o aval de seu jogador mais protegido

A crítica pesada de Rivaldo a Tite. Com o aval de seu jogador mais protegido

Reprodução/Instagram

Foi uma atitude imperdoável.

Tite fez absolutamente tudo para preservar, perdoar, incentivar, proteger e até mimar Neymar.

Não há justiça na atitude do jogador.

No pior momento de Tite na Seleção Brasileira, tudo o que o treinador precisa é de apoio dos seus escolhidos. 

Principalmente seu maior protegido.

Tite tolerou seu egoísmo com a bola nos pés.

A exigência de cobrar todas as faltas e os pênaltis.

Chiliques com os árbitros.

Provocações com adversários.

Simulações bizarras, omissão no jogo mais importante da Seleção Brasileira sob seu comando, a derrota nas quartas de final da Copa da Rússia, contra a Bélgica.

Além de permitir livre acesso à namorada global e seus parças aos treinos do Brasil.

A família do jogador se hospedar no hotel da Seleção em Sochi, na Rússia.

O convocou sem estar sem jogar há 40 dias.

Fez de conta que não viu pela primeira vez, viaturas da polícia, procurar um jogador da Seleção Brasileira, na concentração.

O defendeu da acusação de estupro e agressão.

Permitiu que seu pai invadisse o sagrado vestiário da Seleção em um amistoso, depois que ele se contundiu.

Permitiu que ele brincasse com a faixa de capitão, às vezes querendo, outras vezes, não.

Tite perdeu muito da moral como treinador da Seleção Brasileira por conta de Neymar da Silva Santos Júnior, 27 anos, pai de um menino de sete anos.

Pela primeira vez, a polícia foi à concentração do Brasil atrás de um jogador: Neymar

Pela primeira vez, a polícia foi à concentração do Brasil atrás de um jogador: Neymar

Reprodução/Twitter

Dono de suas faculdades mentais, ele sabia muito bem o que fazia ao curtir o post de Rivaldo criticando Tite.

Porque Paquetá só estava em campo contra a Argentina, com a camisa 10, por escolha do treinador da Seleção.

O maior ato de ingratidão no futebol em 2019.

Tite não merecia essa postura pública de Neymar.

Cabe ao técnico repensar nas suas escolhas.

Nos seus privilégios.

E lembrar.

Quando precisou de maior apoio, Neymar não apenas virou as costas.

Mas fez questão de aplaudir uma pesada crítica à sua atitude como comandante da Seleção.

Tite apoiou Neymar em absolutamente todas as situações

Tite apoiou Neymar em absolutamente todas as situações

CBF

Foi ótimo Tite saber com quem está lidando...

Aqui, o post de Rivaldo.

"Assisti o jogo entre Brasil x Argentina e fiquei muito triste de ver o que aconteceu com a camisa 10.

"Deram a camisa 10 para o Paquetá contra a Argentina. Camisa que é respeitada mundialmente.

"Esta camisa não é para ficar no banco e muito menos sair no intervalo, porque é a camisa que o mundo conhece e respeita porque foi usada e honrada por Pelé, Rivelino, Zico, Rivaldo, Kaká, Ronaldinho, Neymar.

"O jogador não tem culpa, mas a comissão técnica sim, pois eles sabem do peso desta camisa e também que poderia queimar o garoto de 22 anos que pode ter um grande futuro com a seleção brasileira.

Paquetá. Intimidado. Anulado. E com a camisa 10 da Seleção Brasileira

Paquetá. Intimidado. Anulado. E com a camisa 10 da Seleção Brasileira

Reprodução/Twitter

"Da mesma forma que o treinador quis proteger o Rodrygo, que está jogando muito bem no Real Madrid, para esse jogo, poderia ter protegido o Paquetá de jogar com essa camisa.

"Todos sabemos que Brasil e Argentina nunca será um jogo amistoso."

Post curtido por 88.788 pessoas.

E Neymar...

Curta a página do R7 Esportes no Facebook. 

Eles podem render muita grana! Veja quanto valem joias do seu time