Mando é do Flu. Sabotado plano do Fla de cobrar R$10 da torcida

Sorteio na Ferj acaba com os planos do Flamengo de transmitir a final da Taça Rio, e faturar R$ 2 milhões. Mando é do Flu. Saída por dinheiro é Globo

Sorteio cruel para o Flamengo. Plano de cobrar do torcedor ficou impossível

Sorteio cruel para o Flamengo. Plano de cobrar do torcedor ficou impossível

Ferj

São Paulo, Brasil

O vice de futebol, Marcos Braz, ficou arrasado.

Não conseguiu se conter.

Colocou as mãos na cintura e balançou a cabeça.

Sua angústia, logo nesta manhã ensolarada de segunda-feira, foi exposta no sorteio do mando da decisão da Taça Rio.

O Flamengo já tinha definido que iria fazer a transmissão por streaming, cobrando os tais R$ 10,00, que não conseguiu ontem, por falha do MyCujoo.

Como o mando é do Fluminense, o clube da Gávea não poderá se beneficiar da Medida Provisório 948, que permite a negociação do clube mandante, quando ele  não tem contrato com televisão alguma.

O jogo será quarta-feira, às 21h30, no Maracanã.

A previsão 'pessimista' da direção flamenguista, era que o clube conseguiria lucrar pelo menos R$ 2 milhões, já que a partida tem tudo para garantir o bicampeonato carioca, o quinto título de Jorge Jesus.

O time é muito melhor que o tradicional rival das Laranjeiras.

Além do talento, da estratégia, na forma física a diferença é incomparável.

O Fluminense não pode também negociar, porque está fechado com a Globo.

E é justamente a emissora que poderá fazer o Flamengo ganhar dinheiro.

Como o jogo não terá público e o clube de Rodolfo Landim não tem o mando de jogo e contrato com a Globo, o único caminho seria o acordo para a transmissão deste único jogo.

O pior resultado possível. Landim viu sua projeção de lucro ir para o ralo

O pior resultado possível. Landim viu sua projeção de lucro ir para o ralo

Reprodução Twitter

A Globo queria pagar R$ 18 milhões para o Flamengo por seus  jogos no Carioca. O clube não aceitou e pediu R$ 100 milhões. Depois, baixou para R$ 80 milhões. Por fim, cobrou R$ 10 milhões por partida. 

Em crise financeira, a Globo sempre disse 'não'.

E chegou a anunciar a rescisão do contrato do Estadual depois que o Flamengo transmitiu seu jogo com o Boavista. E a cúpula ficou ainda mais revoltada com nova transmissão ontem, da semifinal com o Volta Redonda.

Landim terá de esquecer o orgulho, se quiser que o Flamengo consiga arrecadar alguma coisa com essa final de Taça Rio, que deverá ser a do Carioca.

Ou isso, ou a partida será "fantasma'.

Só transmitida pelo rádio.

O clima na Gávea é de pura tensão.

O sorteio acabou com a empolgação.

E com a disposição de faturar com o streaming.

Seus torcedores não terão de pagar R$ 10,00...

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Tente acertar quais são os escudos certos dos clubes estrangeiros