Seleção brasileira

Cosme Rímoli Hulk convocado. Mas o que importa é o motim inédito da Liga Inglesa

Hulk convocado. Mas o que importa é o motim inédito da Liga Inglesa

Tite foi obrigado a convocar nove atletas, diante da negativa da Liga Inglesa e da Espanhola em ceder atletas para as Eliminatórias Sul-Americanas e Africanas. Liberação de Vinicius Júnior foi 'presente' do Real Madrid

  • Cosme Rímoli | Do R7

Hulk foi convocado porque os times ingleses decidiram não ceder jogadores para as Eliminatórias

Hulk foi convocado porque os times ingleses decidiram não ceder jogadores para as Eliminatórias

CBF

São Paulo, Brasil

Goleiros: Everson - Atlético-MG, Santos - Athletico; zagueiro Miranda - São Paulo; meio-campistas, Edenílson - Internacional, Gerson - Olympique Marseille (FRA) e Matheus Nunes - Sporting (POR).

Atacantes: Hulk - Atlético-MG, Malcom - Zenit (RUS) e Vinicius Jr - Real Madrid (ESP).

Eles foram convocados por Tite, depoi se uma ação histórica da Liga Inglesa, a Premier League. Usando a pandemia, com a consequente quarentena de dez dias, na volta, os clubes ingleses se revoltaram e decidiram não ceder seus atletas para a rodada tripla nas Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar. Tanto na América do Sul quanto na África.

A Liga Espanhola resolveu tomar carona no movimento.

A Francesa ficou balançada, mas decidiu pela liberação dos atletas, até por pedidos extraoficiais de Messi e Neymar. Assim como a Federação Italiana.

O Brasil foi atingido em cheio Tite não poderá ter contra o Chile, a Argentina e Peru, Alisson, Ederson, Militão, Thiago Silva, Casemiro, Fabinho, Fred, Firmino, Gabriel Jesus, Raphinha e Richarlison.

Vinicius Júnior teve a liberação do Real Madrid até por uma questão de valorização, teve outra chance de ganhar espaço na Seleção.

Os atletas convocados para substituir os que foram proibidos de atender à convocação sabem. Eles não são prioridade. Tentarão provar ao treinador que merecem fazer parte do grupo.

A grande surpresa foi Hulk. Aos 35 anos, ele não era convocado desde 2016, quando disputou a Copa América.

É uma chance, apesar de estar mais do que claro que Tite tem os seus prediletos. E Hulk jamais fez parte dos seus eleitos. Muito pelo contrário. A convocação é mais do que justa pelo que atacante do Atlético Mineiro está jogando. Mas as chances são remotas que ele fique no grupo principal que o treinador quer levar para o Catar.

O que está em jogo é muito mais do que essas três partidas.

Mas a atitude inesperada, firme da Premier League é que importa. E que abre um precedente perigoso para a Fifa. Há tempos os gigantes europeus estão cansados de ceder atletas para as Eliminatórias Sul-Americanas e Africanas.

Seus jogadores fazem viagens longas, desgastantes. E os clubes, que gastam fortunas para contratá-los e mantê-los, sãos os grandes prejudicados.

A um mês de completar 37 anos, Miranda é convocado por Tite

A um mês de completar 37 anos, Miranda é convocado por Tite

Rubens Chiri/São Paulo

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, quer, que qualquer maneira, matar o motim pela raiz. Não está fácil. Os clubes ingleses jamais estiveram tão unidos. E não querem, de jeito algum, liberar os seus convocados.

O desejo, nem tão secreto assim, é liberar apenas para competições como Copa do Mundo e Copa América. Não para as longas Eliminatórias.

Infantino seguirá tentando contornar o levante. Ameaça os clubes, a Liga Inglesa de punição.

Se conseguir reverter o quadro, os convocados hoje por Tite seguirão na Seleção.

O treinador está muito preocupado.

Porque a CBF já não consegue arrumar amistosos contra as poderosas seleções europeias, se perder atletas fundamentais ao time nas Eliminatórias, o entrosamento para a Copa do Mundo será diretamente afetado.

Tite sabe o quanto a bilionária Premier League não quer liberar mais atletas para as Eliminatórias Sul-Americanas e Africanas.

Independente de pandemia.

Por isso vive um dos momentos de enorme tensão na Seleção.

Teme contar com seus jogadores escolhidos, só na véspera da Copa.

A Inglaterra já deu o primeiro passo...

Paolo Guerrero adora marcar golaços, mas ama mesmo cavalos

Últimas