Cosme Rímoli Gabigol deixou Tite espantado. Será convocado para a Seleção

Gabigol deixou Tite espantado. Será convocado para a Seleção

Treinador ficou surpreendido o quanto o artilheiro do Brasil evoluiu no Flamengo. Graças ao trabalho de Jorge Jesus. Estará nos próximos amistosos

Gabigol, Seleção Brasileira, Tite, amistosos do Brasil, Neymar, Bolsonaro

Tite viu, in loco, que Gabigol evoluiu muito como jogador. E será convocado

Tite viu, in loco, que Gabigol evoluiu muito como jogador. E será convocado

@Flamengo

São Paulo, Brasil

Uma boa notícia para motivar, atrair telespectadores para os amistosos do Brasil em outubro.

Não, não serão os adversários.

Senegal, dia 10. E Nigéria, dia 13.

Jogos impostos pela Pitch, empresa que tem os direitos dos amistosos da Seleção, em Cingapura.

Sim, na Ásia.

Para maior faturamento da empresa inglesa, como sempre.

Sem a menor preocupação com o valor técnico das partidas para o Brasil.

O que vale é o lucro.

A atração tem tudo para ser o artilheiro do Brasil em 2019.

Gabigol.

Tite ficou impressionado com o desempenho do jogador na partida contra o Santos, sábado, no Maracanã.

O atacante de 23 anos se modernizou na visão do técnico.

Não é mais aquele atacante parado na direita, que recebia a bola para cortar pelo meio e bater de esquerda.

Era limitado taticamente na Olimpíada do Rio, no Santos.

Por isso fracassou na Europa.

Graças ao trabalho de Jorge Jesus, a movimentação de Gabigol é completamente diferente. Ele corre por todo o ataque, faz pivô, abre espaço para companheiros, troca de lugar com meias.

Gabigol era muito limitado taticamente na Olimpíada. Por isso fracassou na Europa

Gabigol era muito limitado taticamente na Olimpíada. Por isso fracassou na Europa

CBF

E, principalmente, está cada vez mais frio, certeiro na hora das conclusões.

Para sorte de Gabigol, as semifinais da Libertadores da América, contra o Grêmio, estão marcadas para o dia 2 e 23 de outubro.

Ele pode ser chamado tranquilamente para a Seleção.

A expectativa é enorme na Gávea.

E também na Inter de Milão.

Ser chamado pela Seleção valorizará ainda mais o atacante.

Ele tem contrato com o time italiano até 2022.

O Flamengo, como o blog antecipou, quer comprá-lo...