Fernando Diniz encurralado. E pronto a ajudar o Corinthians

A derrota do São Paulo para o Bragantino, pressiona o treinador. Ele tem de fazer seu time derrotar o Guarani. O resultado pode salvar o Corinthians

Fernando Diniz paga o preço pelo instável  futebol e a derrota para o Bragantino

Fernando Diniz paga o preço pelo instável futebol e a derrota para o Bragantino

São Paulo

São Paulo, Brasil

Foram quatro meses treinando.

E o São Paulo de Fernando Diniz continua o mesmo.

Um time completamente desequilibrado.

Se atacar bem, defende muito mal.

E mereceu a derrota de ontem, por 3 a 2, em pleno Morumbi, diante do Red Bull Bragantino.

Com a inesperada vitória do Botafogo sobre o Guarani, para o Corinthians se classificar para as quartas de final do Paulista, ele precisa vencer o Oeste, em Barueri.

E o São Paulo derrotar o Guarani, na Vila Belmiro.

Se perder, o Corinthians, mesmo vencendo, está eliminado do Paulista.

Fernando Diniz tem essa situação bizarra nas mãos.

O São Paulo está há oito anos em jejum de títulos.

Cabe a ele decidir se quer o tradicional rival nos mata-matas.

O clube do Morumbi já está classificado.

De nada adiantou o diploma de psicólogo, Fernando Diniz ficou sem saída, diante da indagação que poderia ajudar o Corinthians a seguir vivo no Paulista.

"O São Paulo não tem de pensar no Corinthians, tem que pensar no São Paulo. Temos de vencer o maior número de jogos possível e pensar na conquista do campeonato.

"Não tem de ficar pensando em outro time a não ser o São Paulo", tentou escapar da resposta, o treinador.

Diniz está encurralado.

Sabe que não é o treinador desejado pelos candidatos à presidência no São Paulo.

Quer continuar seu trabalho no São Paulo.

Para que isso aconteça, Diniz precisa vencer.

Mesmo se ajude ao Corinthians.

Red Bull Bragantino se aproveitou do frágil sistema defensivo do São Paulo

Red Bull Bragantino se aproveitou do frágil sistema defensivo do São Paulo

Red Bull Bragantino Twitter

Qualquer outro resultado que não for a vitória, diante do fraquíssimo Guarani, traria suspeitas de que o técnico não quis ter o Corinthians entre os oito melhores do Paulista.

Fernando Diniz está encurralado.

Tudo por conta da derrota de ontem para o Red Bull Bragantino.

Após a partida, o treinador repassou a culpa da derrota aos seus jogadores.

"Na realidade falhamos mais do que deveríamos na parte defensiva. Mais coletiva, não é ninguém específico.

"Mesmo com a parada, claro que nós iríamos sentir um pouco, poderíamos ter jogado melhor."

O São Paulo não jogou.

E perdeu.

Pato. Figura decorativa na derrota

Pato. Figura decorativa na derrota

São Paulo

E o técnico sofrerá as consequências no domingo.

Seja qual for o resultado na Vila Belmiro.

A vitória garante a primeira colocação no grupo C.

E o direito de jogar as quartas no seu estádio.

A derrota ou o empate pode dar a chance ao Mirassol terminar a fase de classificação na liderança no grupo.

Ou seja, a melhor solução é derrotar o Guarani.

E ajudar o Corinthians a se classificar.

Diniz está encurralado...

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Conselho Mundial de Boxe entrega cinturão a menino que salvou irmã