Cosme Rímoli Felipe Melo. Pitbull. E recordista de cartões na história do Palmeiras

Felipe Melo. Pitbull. E recordista de cartões na história do Palmeiras

Nunca ninguém tomou tantos cartões na vida do clube. São  55 em 128 jogos. A média é de um a cada 2,3 jogos. Mas é amado como Edmundo foi

Palmeiras, Felipe Melo, Felipão, expulsão, cotovelada, Bolsonaro, Neymar

O Palmeiras não abre mão do seu Pitbull. Mesmo violento é o líder de Felipão

O Palmeiras não abre mão do seu Pitbull. Mesmo violento é o líder de Felipão

Reprodução Twitter

São Paulo, Brasil

55 cartões.

Em 118 jogos.

Não importa se foram apenas três vermelhos.

A média de um cartão a 2,3 jogos é imbatível.

Ninguém foi tão violento, tão advertido pelos árbitros em toda história do Palmeiras.

O posto é de Felipe Melo.

A expulsão de ontem, depois de uma cotovelada voadora em Lucca, do Bahia, seguiu hoje sendo o assunto predileto entre os conselheiros.

Mas há um fenômeno muito estranho envolvendo o volante.

E que lembra demais a primeira passagem de Edmundo.

Por mais que o jogador perca a cabeça em momentos inesperados, justificando o apelido que tem de atletas rivais, 'bomba relógio', Felipe Melo segue com uma admiração irracional, que beira o orgulho.

Aliados e até adversários de Mauricio Galiotte seguem mostrando admiração pelo 'pitbull de Felipão'. 

E recorrem a qualquer desculpa para defender as atitudes do meio-campista. Como lembrar que Lucca sempre foi 'abusado' quando defendia o Corinthians. E por isso, Felipe Melo resolveu colocá-lo no seu lugar, com a cotovelada voadora.

Um absurdo.

Mas as coisas são como são.

Conselheiros perdoam cotovelada voadora. No ex-corintiano Lucca

Conselheiros perdoam cotovelada voadora. No ex-corintiano Lucca

Reprodução Twitter

Luiz Felipe Scolari, o maior defensor do jogador, nadou contra a corrente. Ficou extremamente chateado com a expulsão boba, que custou dois pontos diante do limitado Bahia. O Palmeiras não só vencia, mas dominava o jogo ontem na sua arena.

Até que Felipe Melo quis imitar Jon Jones, do UFC.

Mas a bronca do técnico não terá maiores consequências.

Felipe Melo é o seu jogador de confiança no Palmeiras.

O executivo Alexandre Mattos também é outro aliado do volante.

Como Galiotte.

O Palmeiras não criará problemas de relacionamento com o jogador.

Mesmo se ele pegar uma suspensão pesada pela atitude reprovável.

Felipe Melo é o grande líder no clube.

Quando ele fala, todos se calam.

Até membros da Comissão Técnica.

E da diretoria.

Em junho, Galiotte fez questão de antecipar a renovação de contrato do jogador.

Ele sabe que o volante segue sendo um sonho da diretoria flamenguista. 

Nada de correr risco de pré-contrato com a equipe da Gávea, já que o compromissso era só até dezembro.

O prazo foi esticado até o final de 2021.

Felipão adorou,.

Mesmo sabendo de todos os riscos que corre com ele em campo.

Não abre mão da autoridade que o jogador passe para os adversários.

Mesmo acompanhada de recordes de cartões na história do clube.

O Palmeiras precisa.

E reverencia seu Pitbull.

Seu "Cachorro Loco", apelido que o jogador adora...