Cosme Rímoli Duílio é o novo presidente do Corinthians. Vitória de Andrés

Duílio é o novo presidente do Corinthians. Vitória de Andrés

Filho do criador da Democracia Corinthiana, Adilson Monteiro Alves, Duílio, é o novo presidente do Corinthians. Acordo com a Caixa pelo estádio foi decisivo

  • Cosme Rímoli | Do R7

Duílio foi eleito novo presidente do Corinthians. Apoio fundamental de Andrés

Duílio foi eleito novo presidente do Corinthians. Apoio fundamental de Andrés

Rodrigo Coca/Corinthians

São Paulo, Brasil

Vitória de Duílio Monteiro Alves.

Vitória de Andrés Sanchez, que fez seu sucessor.

O resultado da eleição no Corinthians manteve o grupo do homem que comanda o clube desde 2007.

Duílio será o novo presidente no triênio 2021 até 2023.

Ele ficará também com a maioria do Conselho Deliberativo.

Quatro das oito chapas eleitas o apoiam.

Duílio é filho de Adilson Monteiro Alves, um dos criadores do movimento Democracia Corinthiana.

Ele tem apenas 45 anos.

Foi diretor cultural, em 2009, diretor-adjunto de futebol, em 2011 até 2014. Voltou ao Corinthians em 2018, como diretor de futebol. Saiu para concorrer à eleição, em setembro.

Duílio foi eleito com 1.081 votos.

Augusto Melo teve 939 votos.

Mario Gobbi, ex-presidente, e que era apontado como seu principal concorrente, teve 787 votos.

Ou seja, Duílio venceu por apenas 142 votos dos sócios.

"Venceu a vontade da família corintiana, pela transformação do nosso Corinthians.

Pela união e pela democracia.

"Estou sem palavras.

"Quero agradecer meu pai, que me ensinou o que é o Corinthians, e hoje tenho uma responsabilidade muito grande, de representar minha família, meu avô, meu pai, o que fizeram aqui no clube, o nome que carregam e representando quase 40 milhões de corintianos.

"Deixo aqui um abraço a todos, boa noite e dizer que é um prazer enorme e uma responsabilidade muito grande, a partir do ano que vem, dirigir esse clube. Como eu disse, uma gestão participativa e democrática. Com a união do clube, a gente vai conseguir superar os obstáculos e deixar o Corinthians ainda maior."

Adilson foi favorecido com o acordo com a Caixa Econômica em relação ao estádio corintiano.

Revelado dois dias antes da eleição.

E também com a garantia de R$ 300 milhões dos naming rights da arena à Hypera Pharma.

Ele prometeu que cuidaria do futebol como também das dívidas do clube, que já passam de R$ 800 milhões.

Andrés se empenhou. Acordo com a Caixa pelo estádio foi fundamental para Duílio

Andrés se empenhou. Acordo com a Caixa pelo estádio foi fundamental para Duílio

Agência Corinthians

Seu mandato começará no dia 4 de janeiro.

Andrés saiu do pleito como o grande vencedor.

Aconteceu tudo exatamente como ele queria.

Duílio eleito e com o Conselho Deliberativo nas mãos.

Mesmo desgastado, fez seu sucessor...

Últimas