Cosme Rímoli Cuca veta treino aberto. Nervosismo do São Paulo é seu grande medo

Cuca veta treino aberto. Nervosismo do São Paulo é seu grande medo

O técnico percebeu que vários jogadores estiveram mal psicologicamente no Morumbi. E evitou pressioná-los ainda mais para a decisão de domingo

Cuca, São Paulo, Jucilei, Hernanes, final do Campeonato Paulista 2019, inseguro Leco, premiação

Cuca não quis abrir o treino. Para torcida não enervar ainda mais o São Paulo

Cuca não quis abrir o treino. Para torcida não enervar ainda mais o São Paulo

São Paulo

São Paulo, Brasil

Antony,  fraqueza nas pernas.

Psicológica.

Igor Gomes, inseguro.

Reinaldo, irritadiço.

Hudson, tenso, medo de ser driblado.

Everton Felipe, afobado nas finalizações.

Everton, sem convicção nas jogadas agudas.

A análise de Cuca sobre jogadores fundamentais do São Paulo na primeira partida decisiva do Campeonato Paulista recomendou: abrir o treino para a torcida amanhã, no Morumbi, véspera da final, seria um grande erro.

Apenas aumentaria o nervosismo, a ansiedade em jogadores fundamentais do time na decisão do Campeonato Paulista.

Foi a vivência de Cuca que recomendou.

Treino fechado no CCT da Barra Funda, longe dos torcedores e da imprensa.

O experiente técnico acredita que o time precisa se reforçar psicologicamente para enfrentar a decisão domingo, no Itaquerão, estádio onde jamais o time conseguiu vencer.

Cuca acredita que se o São Paulo entrar para a decisão nervoso demais, pode ser fatal. Principalmente porque tem a plena convicção de que Carille também percebeu o titubeio psicológico de vários jogadores do seu adversário no Morumbi.

Por isso, o técnico voltou a pensar em Jucilei, se não puder contar com Liziero. Ele acredita que o volante pode ajudar aos inexperientes, como Hernanes e Nenê, mesmo com a dupla não começando a partida.

Sendo assim, nada de treino aberto para a torcida e para infiltrados de Carille.

A decisão frustrou até o inseguro, e agora, angustiado presidente do São Paulo. Leco tem excelente relacionamento com as principais organizadas do clube e desejava fazer uma festa, antes da sua primeira final como presidente.

Ele assumiu em outubro de 2015 e só vem colecionando fracassos.

Sua contribuição será oferecer muito dinheiro pelo título.

Um prêmio compatível com conquistas nacionais.

E, teoricamente, sem gastar.

Repassar parte dos R$ 5 milhões reservados pela Federação Paulista de Futebol ao campeão de 2019.

De acordo com conselheiros ligados ao inseguro Leco, a quantia poderia chegar até a metade desse valor. Com o elenco dividindo algo perto de R$ 2,5 milhões.

A direção do São Paulo está conformada, depois do fracasso na eliminação precoce na pré Libertadores, a inesperada chegada à decisão do Paulista deu injeção financeira na arrecadação.

Em dez partidas como mandante em 2019, já são R$ 14.179.484,00 na bilheteria.

Ao contrário, por exemplo, do rival Palmeiras, a cúpula são paulina está satisfeita com o dinheiro do estadual. 

O inseguro Leco. Sem treino no Morumbi, ele oferece premiação especial

O inseguro Leco. Sem treino no Morumbi, ele oferece premiação especial

São Paulo

Vale a pena detalhar todo o dinheiro envolvido.

Cota de TV (contrato com a Globo até 2022): R$ 122,79 milhões
Premiação total na classificação geral: R$ 11,79 milhões

Valores pagos pela TV Globo:

Cota 1
Corinthians – R$ 17 milhões
Palmeiras – R$ 17 milhões
Santos – R$ 17 milhões
São Paulo – R$ 17 milhões

Cota 2
Ponte Preta – R$ 5 milhões
Guarani – R$ 5 milhões

Cota 3
Botafogo – R$ 3,3 milhões
Bragantino – R$ 3,3 milhões
Ferroviária  – R$ 3,3 milhões
Ituano  – R$ 3,3 milhões
Mirassol  – R$ 3,3 milhões
Novorizontino  – R$ 3,3 milhões
Oeste  – R$ 3,3 milhões
Red Bull Brasil  – R$ 3,3 milhões
São Bento  – R$ 3,3 milhões
São Caetano  – R$ 3,3 milhões

Premiações do Paulista 2019.

Dinheiro da Federação Paulista

Campeão – R$ 5 milhões
Vice-campeão – R$ 1,65 milhão
3.º lugar – R$ 1,08 milhão
4.º lugar – R$ 850 mil
5.º lugar – R$ 500 mil
6.º lugar – R$ 450 mil
7.º lugar – R$ 420 mil
8.º lugar – R$ 400 mil
9.º lugar – R$ 220 mil
10.º lugar – R$ 200 mil
11.º lugar – R$ 180 mil
12.º lugar – R$ 150 mil
13.º lugar – R$ 130 mil
14.º lugar – R$ 100 mil

Campeão da Taça do Interior – R$ 360 mil
Vice da Taça do Interior – R$ 100 mil

Ou seja, se o São Paulo for campeão paulista embolsará R$ 22 milhões só da Globo e da Federação Paulista.

Mais R$ 11.147.289,00 dos jogos no Estadual como mandante.

Ou seja, seriam R$ 33 milhões.

Destinar R$ 2,5 milhões ao elenco não seria absurdo.

Mas para Cuca dinheiro não é o mais importante.

Antony foi a maior preocupação de Cuca nesta semana antes da final

Antony foi a maior preocupação de Cuca nesta semana antes da final

São Paulo

A preocupação do treinador é controlar a tensão do elenco.

E o passo fundamental foi dizer não ao treino aberto.

Já há muita ansiedade nessa decisão.

Não havia a necessidade da torcida colocando mais.

Por isso, nada de Morumbi, amanhã...