Campeonato Brasileiro

Cosme Rímoli Corinthians piora com um jogador a mais. E só empata com o Flu

Corinthians piora com um jogador a mais. E só empata com o Flu

Foram 45 minutos com um atleta a mais, com a expulsão de Abel Fernández. A partida foi até 49 minutos no segundo tempo. Mas o Corinthians, que vencia, piorou e o Fluminense empatou. Poderia até ter virado

  • Cosme Rímoli | Do R7

O Corinthians de Sylvinho piorou muito com um jogador a mais. Inaceitável

O Corinthians de Sylvinho piorou muito com um jogador a mais. Inaceitável

MARCELLO ZAMBRANA/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO

São Paulo, Brasil

Foi incrível.

O Corinthians piorou com um jogador a mais.

Bastou Abel Fernández entrar com as travas de chuteira na canela de Gabriel, aos quatro minutos do segundo tempo, e o time de Sylvinho entrou em parafuso.

Até então, o time vencia por 1 a 0, o Fluminense, em São Januário, gol de Jô, cobrando pênalti de Luccas Claro em Gustavo Mosquito.

Mas em vez de o Corinthians melhorar, se aproveitar da vantagem numérica e pressionar o time carioca para marcar mais um gol e selar a vitória, que seria importantíssima, a equipe recuou.

Roger Machado se aproveitou do espaço oferecido, adiantou seus jogadores, e o Fluminense tomou conta do jogo. Cássio havia feito duas ótimas defesas. Até que o castigo veio aos 24 minutos.

Egidio fez excelente cruzamento e o baixinho Casares, 1m70, cabecear forte, sem chance para Cássio. 1 a 1. 

Marcou seu primeiro gol no Fluminense. E não comemorou por respeito ao Corinthians

Marcou seu primeiro gol no Fluminense. E não comemorou por respeito ao Corinthians

Reprodução/Espn

Resultado inaceitável no futebol moderno. Empatar a partida com um jogador a mais é desperdiçar dois pontos importantes.

O Fluminense poupou os veteranos Nenê e Fred na partida de hoje.

"Tem que ter muita força nesse momento. Deus e os companheiros têm me dado muita força neste momento", disse Gustavo Mosquito que, há dez dias, perdeu o pai, vítima de Covid.

"Respeitei o elenco, o Corinthians, onde tive uma boa passagem", disse Casares, que fez questão de não comemorar o gol que marcou. O primeiro, em 15 partidas no time carioca.

O time de Sylvinho surpreendeu no início da partida no Rio de Janeiro. Com muita movimentação do meio para a frente. Com Gustavo Mosquito com ótimas arrancadas com a bola dominada. Jô conseguindo atuar como pivô, saindo da grande área, deixando de atuar estático, como nos jogos que havia entrado, desde a chegada de Sylvinho.

Roger montou uma equipe de maior força física, mais velocidade, sem Nenê e Fred. Só que com muito menos talento. A maior preocupação do Fluminense era travar Fagner, desafogo corintiano pela direita.

Jô, além do gol de pênalti, fez uma partida boa. Como há muito tempo não fazia

Jô, além do gol de pênalti, fez uma partida boa. Como há muito tempo não fazia

DHAVID NORMANDO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 27/06/2021

O Corinthians dominava as ações. Só que chutava muito pouco a gol. Até que, aos 35 minutos, Gustavo Mosquito conseguiu invadir a área carioca, depois de ganhar de Luccas Claro, em um giro na intermediária. O zagueiro, que perdeu na corrida, acertou pontapé no meia-atacante por trás. Pênalti claro.

Jô cobrou com segurança, sem chances para Marcos Felipe. 1 a 0, Corinthians.

O time de Sylvinho terminou o primeiro tempo melhor e deveria ter uma vantagem maior. Na etapa final, veio o lance que definiria o jogo. A expulsão de Abel Fernández, depois de uma entrada forte, violenta e desnecessária em Gabriel.

Foi expulso aos quatro minutos. Faltou ambição a Sylvinho. Seu time abriu mão de atacar. E o Fluminense se aproveitou do espaço dado. 

Com um atleta a menos, o Corinthians se perdeu.

O time carioca tinha espaço para articular suas jogadas. Até mesmo Ganso, apesar de sua lentidão, conseguia criar.

O justo gol de empate veio depois de cruzamento de Egidio. O baixinho Cazares se infiltrou na área e cabeceou forte para as redes. 1 a 1.

No final, empate bom para o Fluminense.

E, pelas circunstâncias, ruim para o Corinthians...

Atual campeão, Portugal cai para Bélgica nas oitavas da Euro

Últimas