Apático, perdido, vaiado, xingado. O São Paulo foi vergonhoso

O time de Fernando Diniz deu um vexame. Em pleno Morumbi, perdeu para o Fluminense, que estava na zona do rebaixamento. A torcida ficou revoltada

Fluminense não teve a menor dificuldade contra o perdido São Paulo

Fluminense não teve a menor dificuldade contra o perdido São Paulo

FLAVIO CORVELLO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

São Paulo, Brasil

"A gente fica triste.

"A gente pelo menos estava fazendo o dever de casa.

"Hoje foi muito abaixo.

"É vergonhoso. Vergonha, vergonha, vergonha."

O desesperado resumo de Hernanes do que aconteceu no Morumbi nesta noite.

A maior frustração de 2019 para o São Paulo foi a vergonhosa eliminação na 'Pré-Libertadores'. O clube foi eliminado pelo Talleres.

O inseguro Leco e Raí nem sonham com o título do Brasileiro. Acompanham de longe o Flamengo disparado na frente, o Palmeiras atrás. Até do terceiro colocado, o Santos, o clube está distante.

O sonho maior do tricampeão mundial é tristemente decadente. Ficar na quarta colocação e chegar para a Libertadores na fase de grupos. 

Só que até essa compensação está ameaçada.

Como em 2018, o Grêmio, eliminado da Libertadores, presta atenção no Campeonato Nacional. E surge firme para brigar por esta quarta colocação.

E assim como o ano passado, o São Paulo começa a afrouxar na fase aguda do Brasileiro.

De forma inaceitável, o time de Fernando Diniz deu um vexame, hoje, no Morumbi.

O adversário foi o Fluminense, equipe humilde que estava na zona do rebaixamento.

A vitória era obrigatória.

Os três pontos importantíssimos.

Mas o time oscilou entre a apatia e a afobação. 

Marcos Paulo se aproveitou do caos defensivo do São Paulo

Marcos Paulo se aproveitou do caos defensivo do São Paulo

Fluminense

Não só parou diante da previsível forte marcação montada por Marcão, duas linhas de cinco, como ainda teve falhas infantis na marcação. 

E mesmo com o elenco milionário com Daniel Alves, Alexandre Pato, Hernanes, Arboleda, Pablo, Jucilei, o São Paulo, com toda a justiça, perdeu por 2 a 0, gols de Digão e de Marcos Paulo.

Foi triste a dependência de Antony, sempre sozinho. Daniel Alves não tem mais força física para buscar a linha de fundo. E o talentoso garoto acabou anulado.

Time irritantemente previsível.

Enquanto a vitória do time carioca se consolidava, o Grêmio fazia seu primeiro gol contra o CSA. Tomava a quarta colocação do São Paulo.

A decepcionada torcida são paulina gritava, irritadíssima, ainda durante o jogo.

"Vergonha, vergonha, time sem vergonha."

Assim que a partida acabou, palavrões e vaias.

O clube repete assustadoramente 2018.

Já caiu para quinto no Brasileiro.

O Fluminense escapa, por enquanto, da zona do rebaixamento.

Mas segue ameaçado.

O time é muito fraco.

E nem todos os adversários são o São Paulo...