Cosme Rímoli Alegria vira revolta. Rojas pede o dobro para continuar no São Paulo

Alegria vira revolta. Rojas pede o dobro para continuar no São Paulo

Diretoria indignada com a postura de Rojas. Equatoriano ficou dois anos e três meses contundido no clube. E agora, curado, quer seu salário dobrado

  • Cosme Rímoli | Do R7

Rojas comemora o gol que marcou contra a Inter, de pênalti. 'Presente' pela volta

Rojas comemora o gol que marcou contra a Inter, de pênalti. 'Presente' pela volta

Rubens Chiri/São Paulo

São Paulo, Brasil

Indignação.

Essa palavra tão em moda domina a direção do São Paulo.

A começar pelo presidente Julio Casares.

A revolta já dominou a diretoria e chegou até conselheiros importantes, que sustentam Casares no cargo.

E eles fizeram a notícia vazar, chegar até a imprensa.

Um velho contragolpe.

Para pressionar para uma reviravolta ou mesmo explicar a saída.

O motivo de tanta mágoa é o equatoriano Joao Robin Rojas Mendoza.

O atacante driblador, corajogo, que o São Paulo contratou em 2018.

No dia 26 de outubro de 2018, em Salvador, ele jogava contra o Vitória.

Ao dar um corte e bater para o gol com a perna esquerda, seu pé direito ficou preso no gramado do Barradão.

Ele teve ruptura total do tendão patelar. Teve de se submeter a uma invasiva operação e longa, desgastante recuperação. Em dois anos e três meses, ele só conseguiu fazer uma partida e teve de voltar ao tratamento.

Nesse tempo todo, o São Paulo manteve seu contrato. Pagou os R$ 180 mil sem colocá-lo em campo.

Ruptura total do tendão patelar, em 2018. Recuperação lenta, mas salários em dia

Ruptura total do tendão patelar, em 2018. Recuperação lenta, mas salários em dia

Reprodução/Sportv

Ele está completamente recuperado.

Seu contrato termina no final deste mês, no dia 31.

O treinador Hernán Crespo gosta muito do seu estilo veloz, driblador, agressivo.

Pediu sua renovação.

Os dirigentes do São Paulo acreditavam que, até por uma questão de reconhecimento, Rojas não iria impor dificuldade. E aceitaria prorrogar o contrato, por pelo menos um ano, recebendo os mesmos R$ 180 mil mensais.

Mas ele pediu o dobro.

Quer R$ 360 mil por cada 30 dias, para ficar no Morumbi.

Há muita indignação.

Conselheiros insistem que Rojas está sendo absolutamente ingrato.

E até defendem sua saída.

A revelação da pedida já jogou torcedores contra o atleta.

Os ataques são enormes nas redes sociais.

A relação entre o jogador e a direção está abalada.

O atacante pode até ir embora.

O clima que era de animação pela recuperação, mudou.

Está pesado, tenso, para Rojas...

Cristiano Ronaldo compra carro avaliado em R$ 64 milhões

Últimas