Cosme Rímoli A inacreditável briga entre Neymar e a mulher que levou a Paris

A inacreditável briga entre Neymar e a mulher que levou a Paris

A TV Record divulgou foto da briga entre ele e a mulher que o acusa de estupro. O pai de Neymar confirma a veracidade da imagem

Neymar, estupro, Seleção Brasileira, Neymar estupro em Paris, Qatar, Tite

A inacreditável cena. Neymar brigando com a mulher que levou para Paris

A inacreditável cena. Neymar brigando com a mulher que levou para Paris

Reprodução/TV Record

São Paulo, Brasil

O vídeo prometido pela mulher que acusa Neymar de estupro veio à tona.

É verdadeiro.

Sua primeira foto é chocante

Ele está caído, de costas, na cama.

Seus pés estão próximos ao rosto da mulher.

A imagem leva a acreditar em um chute.

A fotografia foi divulgada, com exclusividade, no programa Cidade Alerta, da Record TV.

E já ganhou o mundo.

O pai de Neymar confirmou que houve o confronto físico.

Mas diz que seu filho foi agredido.

"Isso é um vídeo que foi ‘printado’ (captura de uma imagem). É um vídeo que vai provar que o Neymar foi agredido.

"Ela provoca uma agressão nele para que ele pudesse revidar. Quando ele percebe que está acontecendo uma armação, uma armadilha, ele se joga para trás na cama, porque ia levar uma garrafada”, disse o pai do jogador.

“Nunca vi um agressor ficar por baixo em uma briga

"Ele caiu em uma armadilha", diz Neymar Sênior.

"O Neymar entra no quarto e o celular já está gravando. Para nós seria bom se esse vídeo aparecesse. Isso a gente está tentando fazer", enfatizou o pai do jogador.

De acordo com os advogados de Neymar, a agressão da mulher aconteceu no dia 16 de maio e teria acontecido porque o jogador estava querendo ir embora, não desejava ficar mais na companhia da brasileira no hotel em Paris, que ele pagou para ela. Assim como sua viagem.

O vídeo deverá ser usado como prova contra Neymar pela mulher que o acusa de estupro.

O pai garante que a imagem mostra o filho escapando de uma garrafada

O pai garante que a imagem mostra o filho escapando de uma garrafada

Reprodução/Band

Antes do programa, Neymar usou as redes sociais.

"Só quero agradecer a Deus, minha família, meus amigos e todos aqueles que mandaram mensagens positivas pra que eu pudesse me manter equilibrado e focado, nunca me senti tão amado por vocês, obrigado.

Hoje tenho uma das partidas mais difíceis da minha carreira, se não for a mais (pelas circunstâncias).

A alegria do Senhor é a nossa força."

A mensagem que Neymar, ou alguém do seu staff, escreveu no Instagram foi estratégica.

Ela vem à público horas antes do amistoso contra o Qatar, em Brasília, no estádio Mané Garrincha.

A mensagem no Instagram surge depois do apoio público do presidente Jair Bolsonaro. 

"Espero dar um abraço no Neymar antes do jogo. É um garoto. Está num momento difícil, mas eu acredito nele."

O presidente ainda falou ao jornalista que o indagou.

"Você está julgando o Neymar. A Folha de S. Paulo já está julgando o Neymar como sempre me julgou nesse tempo todo A mulher atravessa o continente, um monte de coisa acontece e ela chega no Brasil e quer...

"Hoje à noite, estamos juntos para fazer dois gols lá no Mané Garrincha."

Logo após, foram confirmado os depoimentos do jogador e da acusadora.

Neymar vai depor sobre a divulgação de imagens da mulher nua e o conteúdo de mensagens eróticas trocadas pelos dois. Inclusive com a divulgação do nome do filho da acusadora de estupro, que tem cinco anos.

A Polícia do Rio exigiu o depoimento de Neymar na sexta-feira

A Polícia do Rio exigiu o depoimento de Neymar na sexta-feira

Reprodução/Sportv

O depoimento foi acertado para a sexta-feira, no Rio de Janeiro.

Ele deixará de treinar com a Seleção Brasileira, que estará em Porto Alegre, se preparando para o amistoso diante de Honduras.

A CBF e, principalmente o técnico Tite, queriam que o depoimento acontecesse depois da Copa América, para que o jogador não perdesse o foco da competição.

Mas o Pablo Sartori, delegado titular da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) foi firme. 

E os advogados de Neymar decidiram que seria melhor falar antes da Copa América.

Só que Neymar falará 24 horas depois de novo depoimento da mulher que o acusa de esturpo.

Ela irá depor novamente na Sexta Delegacia de Direito da Mulher, no bairro de Santo Amaro, em São Paulo, amanhã.

E sua advogada Yasmin Pastore Abdalla acaba de antecipar: os motivos dos hematomas nas nádegas e nas pernas da sua cliente, que teriam sido feitos por Neymar, teriam um motivo fútil.

De acordo com Yasmin, ele teria se enfurecido por que sua cliente exigiu que ele usasse preservativo no ato sexual.

Por isso, a teria agredido.

Esse seria o motivo da briga registrada na fotografia mostrada pela Record.

A advogada não teria falado sobre estupro.

E, sim, agressão.

A mulher que acusa Neymar deixou de comparecer à delegacia por duas vezes. Foi convocada na segunda e na terça-feira. Poderia até ser obrigada a depor pela Polícia Civil.

Mas ficou acertado pela sua advogada que ela falará amanhã.

A situação começa a avançar.

Em São Paulo, a Polícia Civil quer descobrir se houve estupro.

No Rio, vai analisar se houve crime digital.

Antes de tudo isso, a Seleção Brasileira enfrentará, daqui a pouco, o Catar.

Adversário fraquíssimo.

Seguindo o roteiro indicado pelo texto do jogador, se ele marcar gols, o que é muito provável, já que tem muito talento e o time árabe é muito limitado, se pode esperar choro e abraço de todos os companheiros.

Neymar. Cena já prevista se marcar gols contra o fraco Qatar. Choro e abraços

Neymar. Cena já prevista se marcar gols contra o fraco Qatar. Choro e abraços

Mowa Press

Assim como o abraço especial de Tite, que mais uma vez, dá suporte ao jogador. Até porque precisa do seu futebol diferenciado.

O jogo em Brasília serve como preparação para a Copa América.

Competição que tem poder para definir se Tite continua ou sai do comando do time.

E não chega até a Copa de 2022.

Mas a atenção no estádio de R$ 1,9 bilhão de dinheiro público estará voltada para seu camisa 10.

E para a vida fora dos gramados.

Que ele dizia não influenciar no que faz em campo.

E que ninguém tinha nada a ver.

Era só problema seu.

Não era.

Neymar trava a Seleção.

E o país é obrigado a acompanhar briga com mulher, em um quarto de hotel.

Jamais o Brasil passou por tanto constrangimento...

Veja as mensagens trocadas entre Neymar e suposta vítima de estupro