Bora Correr Como fazer a corrida entrar na sua vida em 2019

Como fazer a corrida entrar na sua vida em 2019

Os hábitos podem ser transformados com disciplina e uma ajuda da neurociência

A corrida vai entrar na sua vida e 2019?

A corrida desencadeia uma série de hábitos positivos em nossa vida

A corrida desencadeia uma série de hábitos positivos em nossa vida

Arquivo

Feliz 2019! Que tal iniciar o ano adotando hábitos saudáveis? Com certeza é o desejo de 10 entre 10 brasileiros. Não há dúvida de que a corrida desencadeia uma série de práticas positivas em nossa vida, que têm o poder de mudar o físico e o psicológico. Então, amigo, é a hora de enfrentar o comodismo, calçar os tênis e dar os primeiros passos.

Para começar, por que algumas pessoas conseguem sair do círculo vicioso do sedentarismo e outras não?  A resposta é simples: falta estratégia. 

Os hábitos podem ser transformados com disciplina e uma mãozinha da neurociência. Foi assim que eu consegui dar uma virada na minha vida. Se quiser saber mais, leia o post aqui.

Hábitos ruins podem ser eliminados de nossa rotina com a ajuda da corrida. É duro, requer tempo e força de vontade, mas é perfeitamente possível. Eis alguns passos para que a prática esportiva faça parte do seu dia-a-dia:

- passo 1: entender claramente qual é o motivo pelo qual você precisa correr. Pode ser emagrecer, melhorar a saúde, conhecer gente, combater o estresse, se divertir etc. É preciso saber exatamente o que se quer com a corrida. É o chamado “gatilho”;

- passo 2: depois que você compreendeu internamente seu objetivo, é a hora de traçar a estratégia para alcançá-lo. É o trajeto que vai te levar ao destino. É o seu plano de voo. Aqui está a chave do sucesso. Você precisa planejar o seu dia, identificar o melhor horário para correr e criar um ritual. No meu caso, a manhã é sempre o momento mais proveitoso. Então, eu acordo, preparo meu café, leio as notícias da madrugada (sou jornalista, ok?) e saio para o treino. Há gente que prefere treinar à noite, depois do trabalho. Outras conseguem um intervalo no meio do expediente para correr... O importante é encarar a corrida como um compromisso qualquer, como ir ao dentista, ao banco ou levar as crianças à escola. Coisas que fazemos sem precisar pensar muito. Fazemos porque temos que fazer. É a rotina;

- passo 3: depois que o objetivo fica mais próximo, chega a fase da recompensa. Pode ser o ganho de autoestima, a sensação de ter conseguido, do dever cumprido ao completar uma prova dura etc.  O segredo é: quanto mais gratificante for a recompensa, maior será a sua vontade de repetir, de transformar esse ciclo em hábito. Bingo! Eu sempre procuro intensificar os desafios aos quais me “submeto”, para preocupação da minha doce esposa... Por exemplo, aumentando as distâncias, me inscrevendo em provas mais desafiadoras.

Há também algumas manhas que podem te ajudar a ter força para correr:

- não hesite para sair de casa ou do trabalho. Vá e pronto. Nem pense em sentar no sofá, ou a responder o último e-mail;

- tente variar os percursos para te dar mais empolgação e estimular seu cérebro. Não há nada mais chato do que correr sempre no mesmo lugar;

- compre algum acessório de corrida, como calção, boné, tênis etc. Isso vai te motivar;

- crie playlists de músicas para sua corrida. Eu monto listas específicas para cada tipo de treino ou estado de espírito... há trilhas para arrepiar, para rodar leve, para correr em montanha, na cidade etc.

O importante é dar o primeiro passo. Espero que você consiga! Me diga pelo Instagram se esse texto foi útil para você. Bom ano e grandes corridas!

Thiago Contreira é jornalista e um apaixonado por corridas. Já participou de uma centena de provas, em diversas distâncias - no asfalto e nas montanhas. Também publica vídeos de suas aventuras no Youtube:

    Access log