Blog do Fabiano Farah Luvas, comissão e salário milionário: Morelos é um problema no Santos

Luvas, comissão e salário milionário: Morelos é um problema no Santos

Atacante colombiano chegou em setembro e se transformou em dor de cabeça para a nova diretoria

A nova diretoria do Santos Futebol Clube já sabia dos problemas que enfrentaria, mas se surpreendeu com os valores gastos na chegada do colombiano Alfredo Morelos. O atacante, de 27 anos, ficou livre no mercado após uma passagem vitoriosa pelo Rangers, da Escócia. 

No desespero, a ainda atual diretoria fez de tudo para contar com o atleta. O contrato de Morelos com o Santos vai até o fim de 2025, mas esse é o menor dos problemas.

Segundo esta coluna apurou, para contar com Morelos, Rueda e o Comitê de Gestão aceitaram pagar luvas, à vista, de US$ 400 mil (cerca de R$ 2 milhões, na cotação atual). Além disso, o Peixe desembolsou, também à vista, US$ 200 mil de comissão para uma empresa de intermediação de atletas da Inglaterra (cerca de R$ 1 milhão).

Morelos em treino do Santos

Morelos em treino do Santos

Raul Baretta/Santos

O problema é ainda mais preocupante quando se olha para o salário mensal e para as condições impostas pelo estafe do jogador. Morelos é o maior salário do atual elenco, com ganhos que chegam a R$ 10 milhões por temporada.

O atleta é o único que pode deixar o Santos sem o pagamento de multa rescisória

Sim, a atual diretoria aceitou a condição de que somente Morelos pode ativar uma cláusula de rescisão unilateral. Caso a nova diretoria queira dispensar o atleta, terá que pagar o valor integral do contrato, que vence em setembro de 2025.

Morelos ainda não foi chamado para conversar sobre uma redução salarial.

Ele não deve ativar a cláusula de rescisão unilateral. A diretoria eleita, então, busca mercado para o jogador. O Peixe observa a Major League Soccer, dos Estados Unidos, como uma boa saída para se livrar dos gastos com o atleta.

Morelos foi uma das principais decepções do Santos no último semestre.  Ele disputou apenas três partidas pelo Alvinegro e não marcou gols. O jogador teve lesão séria numa panturilha e passou a maior parte do tempo no departamento médico, além de ter problemas para entrar em forma.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas