Blog do Fabiano Farah Guardiola X Diniz: Parem de romantizar este encontro no Mundial de Clubes

Guardiola X Diniz: Parem de romantizar este encontro no Mundial de Clubes

Apesar do trabalho louvável do técnico do Fluminense, não vejo a menor chance de o título ser dos brasileiros. Eu explico!

Na sexta-feira (22) tem Manchester City e Fluminense na decisão do título do Mundial de Clubes da Fifa. E o que eu vejo, leio e observo sobre este jogo é ressaltarem o confronto entre Pep Guardiola e Fernando Diniz.

Não quero ser pessimista nem desvalorizar o que é nosso, mas, amigos, não vejo a mínima chance de uma partida equilibrada, com possibilidades para os dois lados ou coisas desse tipo.

É claro que Diniz tenta implementar no futebol brasileiro um novo estilo de jogo, com aproximação, valorizando a posse de bola, explorando ao máximo a parte técnica de cada atleta que ele dirige.

Fernando Diniz encara Pep Guardiola na final do Mundial de Clubes

Fernando Diniz encara Pep Guardiola na final do Mundial de Clubes

REUTERS/Amr Abdallah Dalsh - 18.12.2023

Mas isso não vem funcionando! Ah, mas ele foi campeão da Libertadores da América! Ah, mas ele sofreu no Brasileirão, sofreu na semifinal do Mundial e sofrerá demais na final da competição!

Diniz teve, como técnico da seleção brasileira, o que há de melhor do Brasil pelo mundo e não fez o time andar nas eliminatórias, pelo contrário! Agora ele enfrenta o melhor treinador de futebol das últimas décadas!

E estão romantizando esse encontro!

Diniz não é o Pep brasileiro! Os times treinados por Diniz não chegam aos pés das equipes que Guardiola trabalha! É simples observar essa diferença técnica e tática, de movimentação e controle, de concentração e erro quase zero!

Pep Guardiola leva o Manchester City pela primeira vez à decisão do Mundial de Clubes da Fifa

Pep Guardiola leva o Manchester City pela primeira vez à decisão do Mundial de Clubes da Fifa

AFP - 19.12.2023

É bacana para nosso futebol poder criar algo sobre o encontro, mas é desleal com o próprio torcedor do Fluminense!

É impossível o Fluminense vencer o Mundial de Clubes da Fifa?  Não!

Mas é preciso mudar muita coisa no trabalho que ele realiza, principalmente a questão reativa, explorando espaços deixados, com saídas desde a defesa. Isso não funcionará!

O Santos em 2011 sofreu por querer enfrentar o Barcelona, do mesmo Pep Guardiola! E tomou um sacode! Uma goleada! Uma aula de futebol! O Fluminense, na minha opinião, corre esse risco também!

Ah, mas e o Corinthians de 2012? Venceu o então todo-poderoso Chelsea! Sim, com gol do peruano Paolo Guerrero na única brecha dada pelos ingleses. No mais, quem puxar pela memória vai lembrar que não houve jogo de "igual para igual" em nenhum momento!

E o time de Diniz, apesar de ter Felipe Melo, não joga duro, não parte para o "jogo feio" ou "vence na base da raça". O time de Diniz quer jogar bonito!

E beleza por beleza... você sabe, né?

Ancelotti, Felipão, Diniz e mais: veja os técnicos que são paizões no mundo da bola

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas