Blog do Fabiano Farah Arsenal quer pagar 20 milhões de euros para tirar Marcos Leonardo do Santos

Arsenal quer pagar 20 milhões de euros para tirar Marcos Leonardo do Santos

Jogador, de 20 anos, não quer ficar no Santos em 2024. Acordo prevê saída por, no mínimo, 18 milhões de euros

Marcos Leonardo está de saída do Santos

Marcos Leonardo está de saída do Santos

REINALDO CAMPOS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 01.10.2023

A nova gestão vai assumir oficialmente o comando do Santos Futebol Clube no dia 2 de janeiro de 2024. Mas, além da missão de reestruturar o elenco, terá que resolver o futuro de Marcos Leonardo.

Durante a gestão Rueda, o camisa 9 só permaneceu no Peixe por causa de um acordo, adicionado ao contrato, válido até 2026, que libera o atleta para o futebol europeu por, no mínimo, 18 milhões de euros.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

O Arsenal, da Inglaterra, entrou forte na briga pelo jovem atacante brasileiro. O clube inglês prepara uma oferta de 17 milhões de Libras, cerca de 20 milhões de euros, para ter o atacante na "janela de inverno", ou seja, já em janeiro de 2024.

Rafaela Pimenta cuida dos interesses de ML9 na Europa

Rafaela Pimenta cuida dos interesses de ML9 na Europa

AFP

Quem representa o atacante no exterior é Rafaela Pimenta, empresária do atleta do Manchester City Erling Haaland. Além do Arsenal, o Manchester United monitora a situação do artilheiro alvinegro.

A Roma, da Itália, tentou levar o jogador, no meio do ano, por 12 milhões de euros, mas o Santos recusou a oferta, pois já havia negociado os atacantes Ângelo e Deivid Washington com o Chelsea, da Inglaterra, o que gerou irritação no estafe de Marcos Leonardo.

O jogador não deve se reapresentar no Peixe no dia 6 de janeiro. O Santos tem 70% dos direitos do atacante. O restante pertence ao próprio atleta. O valor mínimo de 18 milhões de euros é pela parte do alvinegro.

O presidente eleito, Marcelo Teixeira, deixa a negociação nas mãos do coordenador esportivo, Alexandre Gallo, que permanece no clube.

Alexandre Gallo permanece no Santos em 2024

Alexandre Gallo permanece no Santos em 2024

Raul Baretta/ SantosFC

A nova gestão do Peixe acredita que o atleta não quer ficar no clube e não vai dificultar uma negociação, desde que o pagamento seja, em boa parte, à vista, já que os cofres do clube estão vazios por causa de receitas antecipadas.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas