Esportes Para jogadores do Internacional, lance individual decidiu jogo no Mineirão

Para jogadores do Internacional, lance individual decidiu jogo no Mineirão

A estratégia armada pelo técnico Diego Aguirre era jogar por uma bola e evitar a derrota do Internacional para o Atlético Mineiro, grande líder do Campeonato Brasileiro. Mas não deu certo, porque Keno marcou o gol da vitória na parte final do jogo. Os jogadores colorados valorizaram o esforço e deram mérito ao líder que vencer num lance isolado.

"Nós fizemos tudo que o nosso técnico pediu. Corremos muito e marcamos muito. Eles tiveram uma chance, numa jogada individual, e marcaram o gol. Agora é pensar para a frente", disse o volante Edenilson, que na segunda-feira se apresenta ao técnico Tite, da seleção brasileira.

A aposta do técnico era manter a defesa sem tomar gols, o que já tinha acontecido por quatro jogos. A derrota também derrubou uma série invicta de oito partidas do time gaúcho.

Para o volante Rodrigo Dourado, o time mostrou muita força desde o início do jogo. "Nós marcamos muito bem e não deixamos o time deles jogar. Faltou um pouco mais de toque de bola para chegar lá na frente e marcar o gol. No segundo tempo, mantivemos o ritmo, porém, numa jogada individual do Hulk eles marcaram o gol", disse Dourado, que estava no lance em que o atacante atleticano foi até a linha de fundo e cruzou para o gol de Keno aos 32 minutos.

O volante colorado, bastante cansado, deixou o campo aos 36 minutos para a entrada do atacante Paolo Guerrero. Curiosamente, esta foi a única substituição processada pelo técnico Diego Aguirre.

Na quarta-feira, o Internacional fará outro duelo fora de casa. Vai pegar o Ceará, na Arena Castelão, a partir das 19 horas pela 24ª rodada. O zagueiro Victor Cuesta, suspenso com três cartões amarelos, é baixa certa.

Últimas