Tóquio 2020

Olimpíadas Tóquio: meia espanhol diz que final com Brasil é realização de sonho

Tóquio: meia espanhol diz que final com Brasil é realização de sonho

O jogador espanhol Carlos Soler disputará a final olímpica do futebol contra a seleção brasileira no sábado (7), às 08h30

Agência EFE
Seleção brasileira de futebol disputa a final masculina contra a Espanha

Seleção brasileira de futebol disputa a final masculina contra a Espanha

Júlio César Guimarães/COB

O meia Carlos Soler, que integra a seleção masculina de futebol da Espanha, garantiu encarar o Brasil na decisão dos Jogos Olímpicos de Tóquio, é a realização de um sonho, e que está convicto que ele e os companheiros conquistarão o ouro.

A final da competição acontecerá neste sábado (7), às 8h30, no horário de Brasília, no Estádio Internacional de Yokohama, onde foi conquistado pelos brasileiros o pentacampeonato mundial, em 2002. Soler, em entrevista à rádio oficial do Valencia, clube que defende, garantiu se tratar de um momento diferenciado na carreira.

"É um jogo que, desde o início, você sonha para uma final. Jogar contra o Brasil, não se joga todos os dias, é um dia muito especial. Vamos nos preparar para voltar com o ouro para a Espanha, que é o que queremos", disse o jogador, de 24 anos.

Embora admita que queira "curtir" a disputa do ouro, Soler afirmou que se trata de um momento para lembrar das dificuldades

"Chegar a final foi o que nos pediram para fazer, como se fosse fácil, mas não é. Tivemos lesões, suspensões, jogos a cada três dias. Se durante o ano é complicado administrar isso, imagine na pré-temporada", disse o espanhol.

Últimas