Tóquio 2020

Olimpíadas Tóquio 2020: sucesso do Brasil no skate faz web homenagear Chorão

Tóquio 2020: sucesso do Brasil no skate faz web homenagear Chorão

Até mesmo os medalhistas olímpicos citaram o músico e sua banda, que sempre lembraram do skate nas letras das músicas

  • Olimpíadas | Do R7

Até Rayssa Leal, que nasceu cinco anos antes da morte de Chorão, lembrou do músico

Até Rayssa Leal, que nasceu cinco anos antes da morte de Chorão, lembrou do músico

Reprodução/Instagram

O sucesso do Brasil nas disputas de skate nas Olimpíadas de Tóquio 2020 trouxe à memória dos torcedores outro símbolo do esporte, morto em 2013: o vocalista da banda Charlie Brown Jr, Chorão.

Nas redes sociais, muitos reagiram às medalhas de prata conquistadas pelo fenômeno Rayssa Leal, de apenas 13 anos, e o recordista Kelvin Hoefler relembrando músicas, imagens e também criando memes para homenagear o artista que tanto promoveu o skate durante sua vida.

As homenagens vieram até mesmo dos medalhistas olímpicos. "Histórias nossas histórias...", escreveu a "Fadinha" Rayssa na última publicação em suas redes sociais antes de competir nesta segunda-feira (26). O trecho pertence a um dos maiores hinos da banda: "Dias de Luta, Dias de Glória".

Kelvin Hoefler, que fez história ao conquistar a primeira medalha do Brasil no esporte, também relembrou o músico ao repostar conteúdos da página oficial da banda no Instagram. 

Já os torcedores deram mais uma vez um show de criatividade e humor para reviver o legado de Chorão. A letra de outra música da banda junto da cantora Negra Li, "Não é sério" (sobre os jovens brasileiros), foi citada depois da conquista da adolescente Rayssa.

A mania de skatistas competirem usando fone de ouvidos também foi alvo de brincadeiras. 

Outros falaram da influência da banda, que atingiu várias gerações brasileiras.

E, claro, diversas imagens e vídeos antigos da banda foram recuperadas para mais brincadeiras dos torcedores.

Últimas