Tóquio 2020

Olimpíadas Sheilla diz que caso Tandara não vai abalar a seleção: 'Meninas unidas'

Sheilla diz que caso Tandara não vai abalar a seleção: 'Meninas unidas'

De fora da lista de atletas que foram a Tóquio, bicampeã olímpica disse que anúncio de doping de Tandara causou 'raiva e tristeza'

  • Olimpíadas | Do R7

Sheilla foi cortada da lista final de convocadas para a Olimpíada de Tóquio

Sheilla foi cortada da lista final de convocadas para a Olimpíada de Tóquio

Foto: Divulgação/FIVB

A jogadora de vôlei Sheilla, bicampeã olímpica, disse que o anúncio do doping da atacante Tandara da seleção brasileira provocou "raiva, tristeza", mas acredita que as jogadoras vão conseguir superar o trauma de perder a colega no dia da semifinal contra a Coreia do Sul pela Olimpíada de Tóquio 2020. 

Shiella ficou de fora da lista final de convocadas pelo técnico José Roberto Guimarães para os Jogos Olímpicos.

"Gente, sim. Uma merda. Não sei detalhes ainda. Raiva, tristeza… não sei o que pode acontecer", escreveu Sheilla. 

Em seguida, a jogadora comentou: "Gente, ela fez contra prova. Talvez não seja nada!"

Sheilla participou de toda a preparação da seleção para a Olimpíada e acredita que o time vai superar o trauma. "Nossas meninas estão muito unidas, o grupo tá muito fechado! É hora de mandar mais energia pra elas e parar de falar do que aconteceu!  Vai dar certo!"

Tandara suspensa por doping

A atacante da seleção feminina de vôlei Tandara Caixeta, titular e um dos grandes nomes do time, foi suspensa provisoriamente por potencial violação de regra antidopagem e esta fora da Olimpíada de Tóquio 2020. Tandara já não joga a semifinal contra a Coreia do Sul, marcada para as 9h30 desta sexta-feira (6)

A informação foi confirmada pelo COB, que emitiu uma nota explicando que o teste foi feito antes da Olimpíada e que, após a suspensão, ela retornará ao Brasil, desfalcando o time de José Roberto Guimarães para os dois últimos jogos em Tóquio

Últimas