Tóquio 2020

Olimpíadas Rosamaria elogia EUA e diz que final deve ser decidida nos detalhes

Rosamaria elogia EUA e diz que final deve ser decidida nos detalhes

Seleção brasileira de vôlei joga a final feminina no domingo (8) e busca mais uma medalha de ouro para o Brasil em Tóquio

Agência EFE
Rosamaria, jogadora da seleção brasileira de vôlei

Rosamaria, jogadora da seleção brasileira de vôlei

Valentyn Ogirenko/Reuters - 04.08.2021

A oposto Rosamaria, um dos destaques da seleção brasileira feminina de vôlei, que garantiu vaga na final dos Jogos Olímpicos, elogiou, nesta sexta-feira (6), as norte-americanas, que serão adversárias na disputa pela medalha de ouro no domingo (8), às 01h30 no horário de Brasília. 

"Elas têm uma equipe que joga muito bem taticamente, mas jogando como hoje, concentradas, em mais uma final olímpica, podemos jogar bem taticamente. Um jogo disputado, é decidido nos detalhes, e tenho certeza que será uma grande partida", disse a camisa 7 do Brasil.

Questionada se alguma das seleções finalistas é favorita a subir ao pódio do torneio em Tóquio, Rosamaria admitiu que é impossível cravar em brasileiras ou americanas.

"É difícil responder. Chegam à final as duas equipes melhores preparadas, então, vamos ver o que acontece. Agora, é preciso jogar com o coração", admitiu a oposta.

Hoje, o Brasil derrotou a Coreia do Sul por 3 sets a 0, com parciais de 25-16, 25-16 e 25-16, em uma hora e 22 minutos de partida. Mais cedo, ainda no início da madrugada (no horário de Brasília), os Estados Unidos eliminaram a Sérvia.

Veja as imagens da vitória do Brasil contra a Coreia do Sul:

Últimas