Tóquio 2020

Olimpíadas Resgatado de inundação, surfista da Costa Rica embarca para Tóquio

Resgatado de inundação, surfista da Costa Rica embarca para Tóquio

Após a desistência de um competidor que testou positivo para covid-19, Carlos Muñoz ganhou a chance de disputar Olimpíada

  • Olimpíadas | Da EFE

Surfista da Costa Rica em Tóquio, Carlos Muñoz foi resgatado de inundação recentemente

Surfista da Costa Rica em Tóquio, Carlos Muñoz foi resgatado de inundação recentemente

Reprodução/Facebook

O surfista Carlos Muñoz, recentemente resgatado de uma área de inundação na Costa Rica, informou neste sábado que embarcou para Tóquio, no Japão, onde disputará os Jogos Olímpicos, após a desistência de um competidor que deu positivo em teste de covid-19.

"Amigos, estou rumo à Tóquio. Estou muito grato pela oportunidade de última hora. Na verdade, isso não seria possível com tudo o que passou em poucas horas com as inundações no Caribe, e ao Corpo de Bombeiros, que me resgatou à 1 da manhã", disse o atleta, em vídeo divulgado pelo Comitê Olímpico Costa-Riquenho.

O surfista, que precisou se submeter a teste PCR para evitar a hipótese de estar infectado com o novo coronavírus, não escondeu a empolgação com a viagem para a capital japonesa.

"Viajo muito motivo, com muita empolgação para competir", garantiu Muñoz no vídeo.

O surfista utilizou as redes sociais nesta sexta-feira, para sair da província de Limón, localizada na costa caribenha da Costa Rica e que foi a mais afetada por um forte temporal que provocou inundações, desabamentos e bloqueou vias importantes.

"Estou em Guápiles e não há passagem. Tenho que estar amanhã às 6h (hora local), em San José. Preciso conseguir chegar e encontrar onde possa fazer um teste PCR para pegar o primeiro voo para o Japão", escreveu o surfista na noite desta sexta-feira.

Em busca do ouro, Medina dá show no mar e pega pesado na academia

Últimas