Tóquio 2020

Olimpíadas O que acontece com atletas com covid-19 nos Jogos Olímpicos?

O que acontece com atletas com covid-19 nos Jogos Olímpicos?

Atletas que testarem positivo nas eliminatórias não poderão seguir na competição, mas ainda podem levar uma medalha; entenda

  • Olimpíadas | Pietro Otsuka e André Avelar, do R7

Atletas serão testados diariamente e, caso dê positivo, farão mais dois testes para confirmar o diagnóstico

Atletas serão testados diariamente e, caso dê positivo, farão mais dois testes para confirmar o diagnóstico

COB

Nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, uma das preocupações da organização é com atletas diagnosticados com covid-19 em meio as competições. Segundo o COI (Comitê Olímpico Internacional), quem testar positivo para a doença não poderá seguir na competição e terá que ficar isolado por 14 dias. Ainda assim, há a possibilidade do atleta sair com uma medalha mesmo tendo sido infectado pelo novo coronavírus.

Tudo começa com a confirmação do diagnóstico para covid-19. O protocolo de testagem durante os Jogos não muda de esporte coletivo para individual, de acordo com a Dra. Ana Carolina Corte, coordenadora de serviços médicos do COB (Comitê Olímpico Brasileiro). 

"O teste diário feito em qualquer base do comitê organizador é um teste de saliva e, caso dê positivo, é feito, com aquela mesma amostra, um PCR de saliva. Caso dê positivo ainda, faz um PCR naso-faringe para confirmar", explica a médica.

Uma vez confirmado que o atleta contraiu a doença, ele terá que ficar em uma área de isolamento por 14 dias. "Paralelo a isso, os contatos próximos serão investigados para evitar que alguém mais possa ser contaminado. Existem áreas específicas de isolamento definidas pelo comitê organizador e locais para que se aguarde essa sequência", afirma.

Atleta com covid-19 ainda pode faturar a medalha

Do ponto de vista esportivo, segundo o COI, o atleta que for diagnosticado com a covid-19 ainda pode faturar uma medalha, menos a de ouro. Num cenário fictício, um atleta do tênis, por exemplo, que vença a semifinal, mas teste positivo, não poderá jogar a decisão, mas sairá dos Jogos Olímpicos com uma medalha de prata. 

Nesse exemplo, a final seria disputada entre o perdedor da semifinal e o vencedor da outra chave. O pódio, portanto, seria formado por um campeão, dois medalhistas de prata e um de bronze. 

Ainda de acordo com o COI, em esportes como atletismo e natação, em que os atletas disputam fases eliminatórioas, semifinais e finais, caso um atleta, que esteja classificado para a fase seguinte, teste positivo, ele não poderá competir. Logo, o melhor colocado na fase anterior, entre os não classificados, fica com a vaga. 

No caso de esportes coletivos, como handebol, vôlei, basquete, hóquei na grama, rugby, polo aquático, beisebol e softbol, ainda resta dúvidas sobre o que acontece. No documento divulgado pelo COI, não é especificado, por exemplo, quantos casos de covid-19 em um elenco levam a eliminação. 

Entre jabs e ganchos, Brasil treina para buscar ouro no boxe olímpico

Últimas