Tóquio 2020

Olimpíadas Nalbert critica fracasso do vôlei de praia: 'Estamos ficando para trás'

Nalbert critica fracasso do vôlei de praia: 'Estamos ficando para trás'

Em Tóquio 2020, Brasil saiu dos Jogos pela primeira vez sem medalhas na modalidade com todas as quatro duplas eliminadas

  • Olimpíadas | Do R7

Atleta afirmou que é preciso rever "todo o processo" no vôlei brasileiro

Atleta afirmou que é preciso rever "todo o processo" no vôlei brasileiro

Divulgação/CBV

O fracasso do vôlei de praia brasileiro em Tóquio 2020, que saiu sem medalhas de uma Olimpíada pela primeira vez na sua história, levou o campeão olímpico de vôlei e tricampeão mundial, Nalbert Bitencourt, a afirmar que brasileiros já estão para trás comparados a outros atletas na modalidade.

"Vôlei de praia sem medalhas na Olimpíada pela primeira vez! O resultado ruim do vôlei de praia não é por acaso. Quem nos acompanha, sabe que já estávamos avisando isto já tempos! Há de se ter humildade e rever todo o processo! Estamos ficando para trás…", comentou em suas redes sociais.

Com quatro duplas na disputa por medalha, o Brasil era um dos favoritos ao pódio, com medalhistas olímpicos entre as mulheres e os homens. Os atletas brasileiros passaram da fase de grupos com facilidade, mas não conseguiram chegar até as semifinais. 

As duplas Evandro/Bruno Schmidt e Alison/Álvaro Filho foram derrotadas por Martins Plavins e Edgars Tocs, da Letônia, nas oitavas e quartas de final, respectivamente. No feminino, Ágatha e Duda, grandes favoritas, caíram nas oitavas para as alemãs Ludwig e Kozuch. Já Ana Patricia e Rebecca perderam nas quartas para as suíças Anouk Verge-Depre e Joana Heidrich.

A modalidade foi integrada ao programa olímpico nos Jogos de Atlanta, em 1996. Naquela ocasião, o vôlei de praia brasileiro fez história com a dobradinha no pódio, levando o ouro, com a dupla Jaqueline e Sandra, e a prata, com Mônica e Adriana. De lá para cá, o Brasil sempre teve pelo menos uma dupla, seja no masculino ou feminino, subindo ao pódio.

Confira todas as medalhas olímpicas conquistas pelo Brasil no vôlei de praia

Atlanta 1996 - Jackie/Sandra (ouro) e Mônica e Adriana (prata)
Sydney 2000 - Adriana/Shelda (prata), Adriana Samuel/Sandra (bronze) e José Marco/Ricardo (prata)
Atenas 2004 - Ricardo/Emanuel (ouro) e Adriana e Shelda (prata)
Pequim 2008 - Márcio/Fábio (prata) e Ricardo/Emanuel (bronze)
Londres 2012 - Alison/Emanuel (prata) e Juliana/Larissa (bronze)
Rio 2016 - Alison/Bruno (ouro) e Ágatha/Bárbara (prata) 

Últimas