Tóquio 2020

Olimpíadas Na estreia do Brasil no boxe, Wanderson Oliveira vence sírio

Na estreia do Brasil no boxe, Wanderson Oliveira vence sírio

Pugilista ganhou os 3 rounds contra o adversário que integra o time de refugiados nos Jogos de Tóquio e está nas oitavas

  • Olimpíadas | Do R7

Wanderson Oliveira venceu os 3 rounds contra o atleta refugiado Wessam Salamana

Wanderson Oliveira venceu os 3 rounds contra o atleta refugiado Wessam Salamana

Ueslei Marcelino/Reuters - 25.07.2021

Na estreia brasileira no boxe, o pugilista Wanderson Oliveira, de 24 anos, venceu o atleta sírio Wessam Salamana, 35, que integra a Equipe Olímpica de Refugiados, por pontos e avançou às oitavas de final na categoria até 67 kg. A luta, pelos Jogos de Tóquio, aconteceu neste domingo, na Ryōgoku Kokugikan, arena onde acontecem as tradicionais lutas de sumô na cidade.

No início da luta, Wanderson encaixou bem os golpes retos e ganchos, vencendo o primeiro assalto. No round seguinte, o brasileiro manteve o ritmo e novamente conquistou a preferência dos árbitros. No último round, o atleta sírio demonstrou cansaço, sentiu um golpe na cintura e chegou a ir à lona com um cruzado do brasileiro. Levantou-se apenas para ouvir o anúncio da vitória do brasileiro.

Salamana chegou a integrar a delegação do seu país nos em Londres 2012, mas devido a conflitos internos, deixou seu país. Ele treina atualmente na Alemanha.

Time Brasil

A delegação brasileira é composta por sete boxeadores, sendo três cabeças-de-chave: Beatriz Ferreira (60kg), Hebert Conceição (75kg) e Jucielen Romeu (57kg). Apesar de todos os atletas serem estreantes em Jogos Olímpicos, há boas chances de ganharem medalhas. Beatriz e Conceição subiram ao pódio no Mundial de 2019.

Em balanço das duas últimas edições, a modalidade só perde para o judô em quantidade de medalhas: 7 a 4.

Veja a programação das lutas dos brasileiros (horário de Brasília)

26/7 (7h39 do Brasil) – até 57kg feminino – Jucielen Romeu x Karriss Artingstall (Grã-Bretanha) ou Sadie Kenosi (Botsuana)

27/7 (6h18 do Brasil) – até 91kg masculino – Abner Teixeira x Cheavon Clarke (Grã-Bretanha)

28/7 (2h12 do Brasil) – até 81kg masculino – Keno Marley x Daxiang Chen (China) ou Shabbos Negamtulloev (Tadjiquistão)

29/7 (5h do Brasil) – até 75kg masculino – Hebert Conceição x Eribieke Tuoheta (China) ou Ashish Kumar (Índia)

Últimas