Tóquio 2020

Olimpíadas Lenda do atletismo não se classifica para Tóquio 2020

Lenda do atletismo não se classifica para Tóquio 2020

Britânico Mo Farah, bicampeão nos 5 mil e nos 10 mil metros, ficou abaixo do tempo exigido para se classificar para Jogos Olímpicos

  • Olimpíadas | Do R7

Mo Farah desabou em lágrimas ao perceber que não iria atingir índice olímpico

Mo Farah desabou em lágrimas ao perceber que não iria atingir índice olímpico

Molly Darlington/Reuters - 25/6/2021

Dono de quatro medalhas olímpicas, Mo Farah perdeu nesta sexta-feira (25) a última chance de ir ao Jogos Olímpicos Tóquio 2020. O atleta não conseguiu o tempo necessário no Campeonato Britânico, em Manchester, na Inglaterra, e não escondeu sua decepção ainda na pista de atletismo.

O britânico ficou com o tempo de 27min47s04, quase 20 segundos distante do tempo mínimo exigido. Ele tentava se recuperar de uma grave lesão no tornozelo, que atrapalhou a reta final da sua preparação para o que deveria ser sua última edição de Jogos Olímpicos.

Farah, de 38 anos, conquistou as medalhas de ouro nas provas de 5 mil e 10 mil metros de Londres 2012 e da Rio 2016 e esperava disputar sua última Olimpíada. Um ano depois das exuberantes performances no Estádio Nilton Santos, no Rio, Farah recebeu o título de Sir dado Rainha Elizabeth II, no palácio de Buckingham.

Ainda na pista em Manchester, quando percebeu que não iria atingir o índice mínimo, o britânico nascido na Somália, desabou em lágrimas. O corredor, no entanto, não quis confirmar que essa tenha sido a sua aposentadoria.

“Tive uma carreira maravilhosa”, lembrou Farah, entre lágrimas. “É difícil. Se não posso competir contra os melhores, não vou para lá apenas para o final. Essa noite mostrou que não foi bom o suficiente.”

Veja 7 astros que estarão nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

Últimas