Tóquio 2020

Olimpíadas Jogos de Tóquio se encerram e caminhada a Paris 2024 começa

Jogos de Tóquio se encerram e caminhada a Paris 2024 começa

Músicas e luzes marcaram o encerramento dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, na cerimônia que aconteceu na manhã deste domingo

  • Olimpíadas | Do R7

Carlos Barria/ REUTERS - 08/08/2021

Os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 estão oficialmente encerrados, e iniciou a nova caminhada para Paris 2024. A cerimônia de encerramento aconteceu na manhã deste domingo (8), no Estádio Olímpico da capital japonesa.

Depois de duas semanas, a pira olímpica foi apagada em uma edição de Jogos Olímpicos excepcional, realizada um ano depois, devido a pandemia do coronavírus.

Na cerimônia, atletas dos países que participaram desta Olimpíada foram celebrar o encerramento dos Jogos. Pelo Brasil, a ginasta Rebeca Andrade, ouro e prata na ginástica artística, foi a porta-bandeira, representando todos atletas da delegação.

A delegação brasileira na cerimônia teve seis representates, em respeito aos protocolos de segurança contra a covid-19. Outros países arriscaram mais e levaram vários atletas, que encheram o gramado do Estádio Olímpico. Alguns desses atletas, no entanto, deixaram o local antes do término.

O evento chamou atenção por causa do show de luzes e apresentações musicais. Com custo reduzido, Tóquio apresentou um show com luzes que formaram os arcos olímpicos, simbolizando a energia dos torcedores.

As apresentações na cerimônia tiveram como conceito principal o lema 'Mundos que compartilhamos'. Outros dois lemas ('Unidos pela emoção', 'Seguindo em frente') também fizeram parte do evento, assim como nas cerimônias da Paralimpíada.

O início da cerimônia foi marcado com o hasteamento da bandeira do Japão e da bandeira Olímpica. No final, a bandeira Olímpica foi retirada, passou pelos organizados de Tóquio 2020, pelo Comitê Olímpico Internacional e foi entregue para representante de Paris.

Ainda foi feita uma conexão ao vivo com Paris, mostrando atletas e outros franceses na Torre Eiffel, representando o que virá daqui três anos. Um esquadrão aéreo também se apresentou e deixou no céu de Paris as cores da bandeira do país.

O evento também marcou a premiação da maratona, modalidade mais tradicional das Olimpíadas. A Quênia, mais uma vez, dominou o pódio entre os homens e mulheres, com dois ouros e uma prata. O hino queniano tocou para a entrega das medalhas de ouro de Peres Jepchirchir e Eliud Kipchoge.

Últimas