Coronavírus

Olimpíadas Hotel de delegação brasileira de judô tem 11 casos de covid-19

Hotel de delegação brasileira de judô tem 11 casos de covid-19

Local, na cidade de Hamamatsu, está sendo considerado como cluster, uma área com grande concentração de infecções

Atletas brasileiros se hospedaram em outra cidade antes de ir para Tóquio

Atletas brasileiros se hospedaram em outra cidade antes de ir para Tóquio

Silvio Mori/Record TV

Mais dois casos de covid-19 foram confirmados no hotel The Hamanako, em Hamamatsu, 260 km distante de Tóquio, onde a delegação brasileira de judô está hospedada.

Os casos foram reportados à prefeitura de cidade nesta quinta-feira. Com isso, já são 11 os infectados no local, sendo dois deles de familiares de funcionários do hotel. Dos nove casos anteriores, um era relacionado a um familiar.

Em entrevista à Record TV, Yoshinobu Sawada, diretor esportivo da cidade de Hamamatsu, o hotel está sendo considerado como cluster, uma área com grande concentração de infecções.

Apesar dos casos, o COB afirma que a delegação está segura no hotel. Os atletas chegaram ao local após a identificação dos sete primeiros casos. Os funcionários foram isolados. Os judocas usam apenas dois andares do prédio e têm elevador exclusivo, além de restringir o contato com funcionários.

Racismo após pênalti perdido e causas sociais: conheça Rashford

Últimas