Tóquio 2020

Olimpíadas Gabriel Medina e Ítalo Ferreira podem fazer dobradinha histórica

Gabriel Medina e Ítalo Ferreira podem fazer dobradinha histórica

Surfistas brasileiros lideraram baterias e disputam finais nesta segunda-feira (26). A tendência é uma histórica final brasileira

  • Olimpíadas | Enrico Malizia, do R7*

Gabriel Medina quebrando as ondas nas oitavas de final dos Jogos de Tóquio 2020

Gabriel Medina quebrando as ondas nas oitavas de final dos Jogos de Tóquio 2020

REUTERS/Lisi Niesner

Gabriel Medina e Ítalo Ferreira podem fazer história no surfe, modalidade nunca antes vista em Jogos Olímpicos. Os brasileiros, já nas quartas de final, podem protagonizar uma dobradinha no pódio nesta segunda-feira (26), e, por conta da posição de ambos em chaves separadas, se enfrentarem em uma eventual final olímpica.

Gabriel Medina, bicampeão mundial de surfe e primeiro brasileiro a conquistar a WSL, derrotou o australiano Julian Wilson nas oitavas de final em bateria dramática que terminou em 14,33 a 13,00 para o brasileiro. Agora na fase das quartas de final, o brasileiro enfrenta o francês Michel Bourez, que nasceu no Taiti, mas representa a França nesses Jogos de Tóquio 2020.

Ítalo Ferreira durante as oitavas de final na Olimpíada de Tóquio 2020

Ítalo Ferreira durante as oitavas de final na Olimpíada de Tóquio 2020

REUTERS/Lisi Niesner

Ítalo Ferreira, também campeão mundial de surfe conquistando a WSL no ano de 2019, passou com tranquilidade pelo neozeolandês Billy Stairmand nas oitavas de final, vencendo a bateria por 14,54 a 9,67. Nas quartas, Ferreira encara um dos donos da casa, o japonês Hiroto Ohhara.

Caso os dois se classifiquem para a semifinal, ao menos mais uma medalha de bronze já estará garantida para o Time Brasil nessa Olimpíada de Tóquio.

A expectativa é de dobradinha na final. O país que se intitulava como "país do futebol", cada vez mais está se tornando também o "país do surfe"... E as próximas horas podem comprovar essa tese.

Medalha histórica do Brasil no skate é destaque do dia em Tóquio

*Estagiário sob supervisão de Eugênio Goussinsky

Últimas