Tóquio 2020

Olimpíadas Europa e Japão apoiam Olimpíada com auxílio na vacinação

Europa e Japão apoiam Olimpíada com auxílio na vacinação

Japoneses se mostram preocupados com contaminação pelo novo cornavírus durante realização da Tóquio 2020

Reuters - Esportes
Jogos Olímpicos estão marcados para 23 de julho na capital japonesa

Jogos Olímpicos estão marcados para 23 de julho na capital japonesa

Issei Kato/Reuters - 26/5/2021

A União Europeia e o Japão apoiaram nesta quinta-feira (27) a realização dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 neste ano, já que vacinas produzidas no bloco ajudarão o Japão em sua luta contra uma quarta onda de infecções.

"Apoiamos a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio de 2020 de uma maneira segura e protegida neste verão como símbolo da união global para derrotar a covid-19", disseram a UE e o Japão em um comunicado conjunto após uma cúpula.

A campanha de vacinação continua glacialmente lenta – só pouco mais de 5% da população já foi imunizada –, e várias pesquisas mostram que a maioria do público japonês não quer que o país sedie os Jogos.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, disse que o bloco autorizou a exportação de mais de 100 milhões de doses de vacinas ao Japão, o suficiente para inocular cerca de 40% da população.

"Dizemos, é claro, que estamos ansiosos pelos Jogos Olímpicos", disse ela em uma coletiva de imprensa, acrescentando que as remessas de vacina são um sinal forte do apoio da UE aos preparativos de um evento seguro.

A Olimpíada começa em 23 de julho e dura duas semanas, e a Paralimpíada deve começar em 24 de agosto. Os espectadores estrangeiros foram proibidos, e uma decisão sobre plateias domésticas é esperada para o mês que vem.

O chefe de um sindicado de médicos japoneses alertou na terça-feira que realizar os Jogos Olímpicos em Tóquio no verão, com dezenas de milhares de pessoas de todo o mundo, poderia provocar o surgimento de uma linhagem "olímpica" do coronavírus.

"Indicamos que estamos engajados com as autoridades de seu país para adotar todas as medidas de precaução requeridas", disse o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, após sua reunião por vídeo com Von der Leyen e com o primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga.

História da Chamions League passa por chuteiras emblemáticas

Últimas