Tóquio 2020

Olimpíadas Em Tóquio, árbitro brasileiro vê filhos nascerem através de vídeo

Em Tóquio, árbitro brasileiro vê filhos nascerem através de vídeo

Os trigêmeos Ana, Eva e Antônio nasceram enquanto Guilherme Locatelli trabalha na competição olímpica de basquete

  • Olimpíadas | Do R7

Guilherme Locatelli representa o Brasil em Tóquio na arbitragem dos jogos de basquete

Guilherme Locatelli representa o Brasil em Tóquio na arbitragem dos jogos de basquete

Divulgação/FCB

Guilherme Locatelli viveu algo diferente na última quarta-feira (04). Os três filhos do árbitro de basquete nasceram em Florianópolis, enquanto ele está trabalhando nos Jogos de Tóquio. Do outro lado do mundo, ele acompanhou o momento por chamada de vídeo.

"Foi uma sensação diferente. Quando o Pedro veio [1º filho], eu estava junto com a Carol. Desta vez fiquei ali torcendo. Nossos familiares deram todo o suporte para que eu pudesse estar aqui com certa tranquilidade. Mas tranquilidade mesmo vai ser somente quando eu chegar a Florianópolis", comemorou.

Os trigêmeos Ana, Eva e Antônio passam bem. Ana nasceu com 2,09 quilos, Eva, com 1,8 e Antônio com 2,3 quilos.

Programe-se: veja os destaques do dia na Olimpíada de Tóquio

Últimas